Economia

Novo auxílio emergencial pode sair do papel em 20 dias

Paulo Guedes disse que proposta está pronta para entrar em operação nesse prazo

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 12/02/2021 às 9:21
NOTÍCIA
Jailton Junior/JC Imagem
FOTO: Jailton Junior/JC Imagem
Leitura:

O novo auxílio emergencial pode sair do papel em 20 dias. A informação foi divulgada pelo ministro da economia, Paulo Guedes, que disse nessa quinta-feira (11) que a proposta está pronta para entrar em operação dentro desse prazo. Porém, de acordo com ele, a prorrogação deve ocorrer com a volta do estado de calamidade e do Orçamento de Guerra.

“A realidade foi, infelizmente, mais dura do que esperávamos”, afirmou Guedes. Segundo ele, a pandemia atrapalhou a recuperação da economia do país. O ministro disse que o auxílio pode voltar por mais três ou quatro meses, como foi mencionado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Paulo Guedes destacou que a solução para que o auxílio voltasse a ser pago é incluir a PEC do estado de calamidade pública dentro da PEC do Pacto Federativo. Conforme dito por ele, com isso seria possível prever a cláusula de calamidade para que seja permitido o corte de despesas obrigatórios e o congelamento de salários.

Ainda de acordo com Guedes, se ocorrer um acordo entre o Executivo e o Legislativo, os técnicos poderão trabalhar na proposta durante o carnaval. E, por isso, segundo ele, o auxílio pode voltar “dentro de 20 dias”.

40 milhões de pessoas devem receber novas parcelas

O auxílio emergencial deve continuar a ser pago este ano, mas a menos beneficiários do que em 2020. Ano passado, receberam o benefício 67 milhões de pessoas e, este ano, a ideia é diminuir para 40 milhões de pessoas.

Mais Lidas