coronavírus

Pesquisa mostra que Covid-19 pode provocar inflamação no sistema reprodutor masculino

A doença pode deixar sequelas atrás dos testículos, no epidídimo.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 17/02/2021 às 15:57
NOTÍCIA
Reprodução/NE10 Interior
FOTO: Reprodução/NE10 Interior
Leitura:

Uma pesquisa realizada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) aponta que a Covid-19 pode provocar sequelas no sistema reprodutor masculino. Os resultados do estudo mostraram que 42,3% de 26 pacientes que tiveram sintomas leves e moderados apresentaram inflamação no epidídimo, a epididimite.

O epidídimo é um canal que fica localizado atrás dos testículos. O órgão tem 6 metros de comprimento e é por onde passam os espermatozoides. É no epidídimo que eles adquirem uma série de funções bioquímicas para fertilizar o óvulo.

Sobre a pesquisa

A pesquisa foi publicada em 9 de fevereiro na revista científica Andrologia. Nela, os pesquisadores relataram que o SARS invade as células dos testículos, a ACE2, e torna eles alvos de possível inflamação.

Além deste fator, os pesquisadores identificaram ainda que os pacientes podem apresentar alterações no sêmen e nos parâmetros seminais. Os pacientes que participaram do estudo tinham entre 18 e 55 anos.

Mais Lidas