menu

Hospital Regional dos Palmares registra 100% da ocupação dos leitos de UTI para Covid-19

O município não foi incluído pelo Governo de Pernambuco na lista de cidades que adotarão medidas mais restritivas contra a doença.

A criança foi levada para o Hospital Regional de Palmares
Hospital Regional de Palmares está com leitos de UTI ocupados (Foto: divulgação/SES)

Acompanhando a crescente de registro de casos de Covid-19 em diversas regiões do Estado, a cidade de Palmares, na Mata Sul de Pernambuco, apresenta números preocupantes para as autoridades de saúde. O Hospital Regional dos Palmares (HRP) registrou na última terça-feira (24) 100% da ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados ao tratamento de pacientes com coronavírus.

De acordo com as informações da gestão municipal, os 20 leitos de UTI da unidade estão ocupados. Além disso, 33,30% dos 30 leitos de enfermaria também registram ocupação. Apesar dos dados preocupantes, a cidade não está inclusa na lista de municípios que adotarão medidas mais restritivas a partir da próxima sexta-feira (26) mediante a determinação do Governo do Estado.

A cidade faz parte da III Gerência Regional de Saúde (Geres), que contempla 22 municípios: Água Preta, Amaraji, Barreiros, Belém de Maria, Catende, Cortês, Escada, Gameleira, Jaqueira, Joaquim Nabuco, Lagoa dos Gatos, Maraial, Palmares, Primavera, Quipapá, Ribeirão, Rio Formoso, São Benedito do Sul, São José da Coroa Grande, Sirinhaém, Tamandaré, Xexéu.

A medida divulgada pelo governo estadual na última terça-feira (23) se estende a 63 municípios das II, IV e IX Gerências Regionais de Saúde (Geres), com sedes em Limoeiro, Caruaru e Ouricuri, no Agreste e Sertão.

Medidas restritivas

A medida entre em vigor a partir da sexta-feira (26), neste período todas as atividades econômicas e sociais estarão proibidas, entre 20h e 5h. Nos próximos dois finais de semana, as atividades estarão proibidas entre 17h e 5h, quando apenas serviços essenciais poderão continuar funcionando.

Além disso, foi anunciada a prorrogação da proibição de eventos por mais 15 dias, em todo o Estado. O retorno às aulas nas escolas públicas municipais também permanece suspenso até o dia 12 de março.