medidas restritivas

Fiscalização notificou 19 estabelecimentos descumprindo novo decreto estadual em Caruaru

Um dos alvos das equipes de fiscalização no fim de semana foi um campo de futebol society.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 01/03/2021 às 11:27
NOTÍCIA
Janaína Pepeu
FOTO: Janaína Pepeu
Leitura:

Desde a última sexta-feira (26), o Grupo de Fiscalização Integrada de Caruaru, no Agreste, intensificou as ações de combate à Covid-19 no município. Em três dias durante o fim de semana, 70 estabelecimentos foram fiscalizados e desses 19 foram notificados.

Um dos alvos da equipe de fiscalização foi um campo de futebol society localizado no bairro Nova Caruaru. De acordo com o Procon-PE, além de estar aberto após o horário permitido para o município, no local havia aglomeração de pessoas e prática de esportes. Os agentes interditaram o espaço e só deixaram o estabelecimento após todas as pessoas se retirarem. 

Ação conjunta

As ações realizadas em Caruaru no fim de semana envolveram as secretarias de Ordem Pública, da Fazenda e de Serviços Públicos,a Guarda Municipal, Procon, Ouvidoria, Autarquia de Mobilidade, Trânsito e Transportes de Caruaru, Vigilância Sanitária e a Autarquia de Urbanização e Meio Ambiente de Caruaru.

Também reforçaram a fiscalização entidades parceiras, como Polícia Militar, Bombeiro Militar, Bombeiro Civil, Disque-denúncia, Procon Estadual, Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) e o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

“Nosso trabalho começou na sexta-feira (26), às 20h, e mais uma vez a população foi essencial no planejamento da equipe. Recebemos várias denuncias, por meio da ouvidoria, e, principalmente, pelo Disque-denúncia. Ainda encontramos alguns bares e restaurantes funcionando normalmente, mas, com o dialogo, os proprietários entenderam a importância de encerrar as atividades.”, comentou o coordenador de Operação da Secretaria de Ordem Pública, Diogo Ramalho.

Como denunciar

A população podedenunciar por meio do Disque-denúncia, pelo telefone 3719-4545 (das 7h às 19h, de segunda a sábado), ou pelo WhatsApp 98256-4545/98170-2525. Outro contato disponível é o da Ouvidoria, no número 156 (das 7h às 13h, de segunda a sexta) ou no WhatsApp 98384-5936. A denúncia pode ser feita também pelo 190 da Polícia Militar.

Mais Lidas