Pandemia

Visitas presenciais às unidades da Funase são suspensas em Pernambuco

Medida foi tomada para evitar propagação da covid-19

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 05/03/2021 às 7:43
NOTÍCIA
Divulgação/Funase
FOTO: Divulgação/Funase
Leitura:

O Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) e a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) determinaram nessa quinta-feira (4) a suspensão de visitas presenciais a 15 unidades socioeducativas de Pernambuco a partir desta segunda-feira (8).

A medida, que tem objetivo de evitar o contágio do coronavírus, vai até 17 de março. As visitas que estavam agendadas para este final de semana (6 e 7) poderão ocorrer seguindo as restrições.

A suspensão das visitas vale para oito unidades de internação, quatro de internação provisória, duas que funcionam em regime integrado (internação e internação provisória) e para a Unidade de Atendimento Inicial (Uniai). Essas instalações estão situadas em Recife, Cabo de Santo Agostinho, Jaboatão dos Guararapes, Timbaúba, Vitória de Santo Antão, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde e Petrolina.

“Sabemos que, diante da situação difícil no país, Pernambuco vem adotando medidas para conter a propagação do vírus. Sentimos a necessidade de também acompanhar essas restrições no sistema socioeducativo, que, após um esforço histórico, não tem mais superlotação desde 2019, mas tem como característica o trabalho em locais em que há privação de liberdade. Por isso, estamos suspendendo as visitas presenciais à Funase, dando como alternativa aos familiares dos jovens a comunicação por videochamadas, algo que deu muito certo em 2020”, explica o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes.

Em 2020, as visitas às unidades foram suspensas de abril até agosto. Foram realizadas 2,8 mil videochamadas entre familiares e socioeducandos. As visitas presenciais voltaram utilizando as regras de segurança, como o uso de máscaras de proteção, higienização das mãos e de embalagens de produtos alimentícios levados para os internos.

Mais Lidas