Covid-19

Garanhuns atinge 100% de ocupação de leitos de UTI e prefeito diz que não há lugar para novos pacientes

O prefeito Sivaldo Albino destacou que pacientes com falta de ar ficarão sem atendimento em virtude da superlotação.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 16/03/2021 às 12:48
NOTÍCIA
Reprodução/Rádio Jornal
FOTO: Reprodução/Rádio Jornal
Leitura:

Desde o início da pandemia do coronavírus, esta é a primeira vez em que a cidade de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, chega à marca de 100% de ocupação dos leitos de UTI. Por causa do aumento de casos registrados na região, o prefeito Sivaldo Albino confirmou o índice de ocupação nos hospitais da cidade e destacou a preocupação no atendimento aos pacientes em entrevista à Rádio Jornal.

Sivaldo destacou que, por causa da ocupação, todas as unidades de saúde, sejam elas particulares ou públicas, estão incapacitadas de receber qualquer paciente. "O Perpétuo Socorro está 100% ocupado. Dom Moura, 100% ocupado. Monte Sinai em 95%", destacou em entrevista.

"Ou seja, se a gente tiver hoje aqui, qualquer paciente de Garanhuns ou do Agreste que precise ser internado em um leito de UTI com falta de ar nós não temos onde colocar", alertou Sivaldo. A Prefeitura de Garanhuns negocia com o Governo do Estado, em caráter de urgência, a abertura de novos leitos na UPAE do município.

Confira a entrevista

Mais Lidas