política

"Fecha a boca, Bolsonaro", diz ex-presidente Lula durante entrevista

Lula criticou a atuação de Bolsonaro diante da pandemia e disse que o presidente deve parar de "brigar com a ciência".

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 02/04/2021 às 7:46
NOTÍCIA
Foto / Reprodução
FOTO: Foto / Reprodução
Leitura:

Durante uma entrevista concedida na última quinta-feira (1º), o ex-presidente Lula criticou a atuação do atual presidente, Jair Bolsonaro, diante da pandemia da Covid-19 no Brasil. O petista afirmou que o presidente precisa dar mais ouvidos aos médicos e autoridades de saúde. 

"Bolsonaro, quando é que você vai assumir a responsabilidade de parar de brincar e governar esse país?", disse Lula durante a entrevista ao programa de Reinaldo Azevedo, na BandNews FM. "Fecha a boca, Bolsonaro", falou em seguida.

Ao falar da condução do Governo Federal diante da pandemia, Lula defendeu o auxílio emergencial em favor das famílias que estão desfavorecidas por causa da pandemia. "Espero que o Bolsonaro esteja assistindo nosso programa, o Bolsonaro saber que não tem jeito esse país se não houver um salário emergencial de R$ 600 até terminar essa pandemia, e que essa pandemia só vai terminar quando houver vacina para todo mundo", disse o ex-presidente.

Eleições de 2022

Durante a entrevista, Lula comentou ainda sobre a anulação dos seus processos da Lava-Jato e comentou sobre o cenário eleitoral para 2022. O ex-presidente disse que pode se aliar ao "centrão" se for preciso para vencer o pleito e comentou a possibilidade de convidar a empresária Luiza Trajano, do Magazine Luiza, para compor sua chapa como vice-presidente.

"Ela é uma mulher excepcional, e não acredito que a Luiza Trajano se meta na política", comentou. Lula disse que acredita que é improvável que "uma pessoa que construiu a vida que ela construiu, da forma que ela construiu, que ela vá deixar esse exemplo dignificante de sucesso para se meter na política."

Mais Lidas