Resgate

Pulmão de aço: monge budista sobrevive após passar quatro dias preso em caverna inundada; veja o vídeo

O homem, de 46 anos, precisou nadar 12 metros abaixo d'água.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 08/04/2021 às 20:00
NOTÍCIA
AFP
FOTO: AFP
Leitura:

Um monge budista foi resgatado na Tailândia após ter ficado quatro dias preso em uma caverna que ficou inundada. De acordo com informações da Reuters, Phra Ajarn Manas, de 46 anos, estava em uma peregrinação quando entrou na caverna de Phra Sai Ngam, nas proximidades da cidade de Phitsanulok, para meditar.

No domingo (4), uma tempestade atingiu o local, inundando parte da caverna e deixando o homem preso. Ao todo, 17 mergulhadores participaram da operação de resgate. Eles deram a Manas uma máscara de mergulho, para que fizesse um nado de 12 metros abaixo d'água.

Na terça-feira (6), o monge continuava preso e a equipe estava preocupada que ele pudesse "estar exausto ou inconsciente por não ter nenhuma comida". As buscas precisaram ser suspensas porque o nível da água começou a aumentar.

Uma equipe de 17 mergulhadores conseguiu chegar ao monge na manhã de quarta-feira (7) depois que a chuva parou. A unidade de resgate confirmou que havia conseguido retirar Manas da caverna, por volta das 11h30 no horário local.

Fotos mostraram o monge sentado dentro da caverna cercado por equipes de resgate e tendo sua pressão arterial medida. Um vídeo postado pelo resgate mostra o monge equipado com uma máscara de mergulho nadando 12 metros debaixo d’água.

Veja

Mais Lidas