menu

Cronograma de retorno das aulas presencias na Rede Municipal de Limoeiro será apresentado dia 30 de abril

Até a data prevista, mais de cinco mil alunos da rede continuam apenas com atividades remotas.

Escola se prepara para volta às aulas
Escola se prepara para volta às aulas (FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM)

Mesmo com o Governo de Pernambuco autorizando o retorno das aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino para esta segunda-feira (26), o município de Limoeiro, no Agreste do Estado, manteve as atividades remotas. Os prefeitos têm autonomia para decidir quando os alunos poderão voltar às salas de aula. De acordo com a secretaria municipal de Educação e Esportes, o cronograma de retorno das aulas presenciais será apresentado no próximo dia 30 de abril.

Durante este período, os mais de cinco mil alunos da rede continuam apenas com atividades remotas. Eles estão divididos em quatro creches e 21 escolas. Sobre as medidas estabelecidas para evitar o risco de contágio do novo coronavírus, o secretário da pasta, Fernando Melo, disse que a gestão estará garantindo a compra de máscara para distribuição no ambiente escolar e a disponibilidade álcool em gel para que todos se sintam mais seguros quando as aulas retornarem presencialmente.

O secretário falou que as unidades terão orientação para higienização pessoal e dos espaços, além do distanciamento social. Sobre o ensino híbrido, ou seja, parte da turma dentro da sala e a outra recebendo o material para estudar em casa, Fernando disse que é algo com que a comunidade escolar precisará aprender a conviver. “Temos buscado utilizar recursos tecnológicos, inclusive, contando com o apoio dos professores, que têm utilizado seu celular, seu computador e sua internet para garantir que a educação chegue aos estudantes”, reconheceu.

Acesso a todos

Para o estudante que não tem acesso aos canais digitais, Melo informou que a secretaria de Educação tem garantido a entrega de blocos de atividades. Os materiais são preparados pelos próprios professores e impressos para entrega nas escolas. “Os pais levam para os filhos e, num determinado espaço de tempo, retornam para as escolas, os professores avaliam esse material, novas atividades são entregues, e assim temos mantido um vínculo com as famílias”, finalizou.