Agreste

Morre vítima de incêndio em casa de fogos de Lajedo; Vídeo mostra momento em que explosão aconteceu

De acordo com Secretaria de Saúde do estado vítima estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 09/05/2021 às 10:39
NOTÍCIA
Flávio Lima
FOTO: Flávio Lima
Leitura:

Morreu no último sábado (8), o homem que ficou gravemente ferido após um incêndio em uma residência usada para fabricação caseira de fogos de artifício, em Lajedo, no Agreste de Pernambuco. O incêndio aconteceu na sexta-feira (7).  Reginaldo Moisés da Silva, de 57 anos, sofreu queimaduras de 3º grau e estava internado no Hospital da restauração, no Recife. 

De acordo com Secretaria de Saúde do estado, a vítima passou por uma cirurgia, na tarde da sexta-feira (7) e estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele não não resistiu ao ferimentos e morreu. As informações foram confirmadas pela Secretaria de Saúde do estado.

Imagens de câmeras de segurança registraram o momento exato em que a explosão aconteceu:

Entenda o caso:

Na manhã da última sexta-feira (7), um incêndio em uma residência na cidade de Lajedo, no Agreste de Pernambuco, deixou um homem gravemente ferido. O local era utilizado para a fabricação caseira de fogos de artifício.

O acidente ocorreu na Rua Quitéria Guilhermina de Sobral, no bairro Novo. O Corpo de Bombeiros foi chamado ao local para realizar o resgate das vítimas. Uma mulher e uma criança teriam sido resgatadas no local. Um caminhão pipa foi usado para auxiliar a apagar as chamas. Por volta das 10h40, as chamas já haviam sido contidas.

Um homem, que estava no local no momento do acidente, sofreu queimaduras em todo o corpo e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o setor de emergência do Hospital Maria da Penha, no município.

O hospital informou que o homem, identificado como Reginaldo Moisés da Silva, de 57 anos, foi atendido e o estado de saúde é gravíssimo. Após receber atendimento, ele foi transferido para o Hospital da Restauração, no Recife.

O tenente-coronel Albuquerque, comandante da Polícia Militar em Lajedo, afirma que a causa do incêndio é investigada. "A princípio, sabemos que se confeccionavam explosivos na casa e de alguma forma houve a explosão e o rapaz estava dentro do espaço. Foi uma explosão bastante grave", afirmou.

Mais Lidas