Prisão

Cachorro que entregava cartas entre detentos é detido pela polícia

Animal foi pego pelos seguranças do presídio e estava com carta amarrada no pescoço

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 11/05/2021 às 14:21
NOTÍCIA
PANAMA'S PROSECUTOR OFFICE/AFP
FOTO: PANAMA'S PROSECUTOR OFFICE/AFP
Leitura:

Um cachorro que servia para entregar correspondências entre os presos de uma prisão no Panamá foi pego pela polícia, de acordo com autoridades, nessa segunda-feira (10). De acordo com o diretor do Sistema Penitenciário, Andrés Gutiérrez, o cachorro estava servindo de carteiro na penitenciária La Joya.

O animal foi pego pelos seguranças do presídio e estava com uma "uma carta amarrada no pescoço detalhando a venda de supostas substâncias ilícitas e saudações entre os privados de liberdade", disse Gutiérrez em nota do Ministério do Governo.

No fim da carta, os autores escreveram uma mensagem enigmática pedindo que os destinatários "marcassem" se desejassem algo.

No comunicado oficial, foi divulgada também uma foto que mostra um cachorro nas mãos de uma pessoa uniformizada.

Veja o vídeo:

*Com informações do JC

Mais Lidas