luto

Mãe e duas filhas morrem com Covid-19 em intervalo de menos de 15 dias no Agreste de Pernambuco

Rosa, Ninha e Kelly chegaram a ser internadas após o diagnóstico, mas não resistiram e morreram.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 19/05/2021 às 8:50
NOTÍCIA
Reprodução/Arquivo pessoal
FOTO: Reprodução/Arquivo pessoal
Leitura:

Uma família da cidade de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, perdeu três familiares em virtude de complicações de saúde provocadas pela Covid-19. Uma mãe idosa e duas filhas morreram em decorrência da doença em um intervalo de 12 dias.

A primeira a apresentar os sintomas foi Kelly Alves, de 32 anos. A princípio, ela teria relatado dores de cabeça e sintomas semelhantes à gripe. Foi quando decidiu fazer o teste, que apresentou resultado positivo para a Covid-19. Com o agravamento do quadro de saúde, a mulher precisou de atendimento médico e foi encaminhada para um hospital de Caruaru no dia 5 de maio. No entanto, após ser intubada com baixa saturação, ela acabou falecendo no mesmo dia.

Após Kelly ter sido diagnosticada, familiares decidiram realizar o teste e algumas pessoas também apresentaram resultado positivo para a doença. Foi o caso da mãe dela, Josefa Alves, conhecida como Dona Ninha, de 64 anos, e da irmã, Rosa Alves, de 43 aos.

Dona Ninha apresentou sintomas fortes da doença e precisou ser internada em um hospital de Garanhuns, chegando até a fazer hemodiálise. Apesar dos esforços para sua recuperação, a idosa acabou falecendo no dia 12 deste mês. Cinco dias depois da morte da mãe, na última terça-feira (18), Rosa, que estava internada no Recife, teve uma piora no quadro clínico e acabou falecendo.

Casos em Santa Cruz do Capibaribe

Na última terça-feira (18), a cidade de Santa Cruz do Capibaribe registrou 50 novos casos de coronavírus em apenas 24 horas. O município chega a um total de 6.385 casos confirmados da doença desde o início da pandemia, em 2020, com total de 119 óbitos provocados pela Covid-19.

Mais Lidas