Empreendedorismo

Empreendedora conquista independência após abrir fábrica de confecções

Empresa capacitou mulheres da região

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 20/05/2021 às 16:04
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

A designer de moda e empresária Mércia Moura começou a empreender em 1985, ao criar a fábrica de confecções "Marie Mercié" no Engenho Pangauá, em Itambé, na Mata Norte de Pernambuco.

A empreendedora conta que estava procurando uma ocupação e viu a oportunidade. "Casei e vim morar em Pagauá. Aqui eu ficava muito ociosa, dona de casa, eu queria me ocupar. Foi quando a minha mãe sugeriu que eu começasse uma confecção, que é uma coisa que já tem no DNA da nossa família. Eu me juntei com cinco meninas que também eram donas de casa", explica ela.

A fábrica capacitou mulheres da região e também permitiu que as famílias permanecessem no Engenho.

"O maior legado da nossa empresa foi a transformação da vida das mulheres daqui de Pangauá e de toda a região, inclusive a minha. A gente passou a ser mais dona de si. A fábrica trouxe independência às mulheres", conta.

De acordo com Mércia, a maior dica para quem quer começar um negócio é ter amor pelo que faz: "Não dá para empreender sem ter um laço, uma empatia. Tem que ter amor pelo que faz."

Veja a reportagem completa:

Mais Lidas