caso MC Kevin

"Dei um tapa na cara dela", diz viúva de MC Kevin sobre encontro com modelo Bianca na delegacia

Deolane Bezerra disse que se revoltou ao ver a modelo cochichando com o amigo de Kevin para possivelmente combinar versões de depoimento.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 21/05/2021 às 8:00
NOTÍCIA
Reprodução/Redes sociais
FOTO: Reprodução/Redes sociais
Leitura:

na última quinta-feira (20), foi ao ar uma entrevista com Deolane Bezerra, viúva do cantor MC Kevin, que morreu no último domingo após cair da varanda do quinto andar de um hotel no Rio de Janeiro. Em conversa com o jornalista Roberto Cabrini, a advogada contou que brigou com a modelo Bianca Dominguez, que estava com o cantor no momento da sua queda, quando se encontraram na delegacia.

Deolane contou que suspeitou das atitudes da modelo e do amigo do músico que também estava com ele na hora da queda, o MC VK. A advogada disse que ficou com raiva ao ver os dois cochichando na delegacia. “Eu dei um tapa na cara dela porque eu vi ela e o VK cochichando. Na verdade, eu queria bater no Victor [MC VK], só que quando eu vi ela fazendo isso, eu dei um tapa na cara dela e minhas irmãs me retiraram do local”, respondeu a esposa de Kevin sobre a confusão que deu o que falar.

Quando foi questionada pelo jornalista sobre o motivo da agressão, Deolane disse que acredita que os dois estavam combinando uma versão de depoimento para contar à polícia. “Eu constatei que eu tinha sido traída quando eu li os depoimentos. Só que naquele momento eu tava com uma sede de justiça muito grande. Então, a traição eu deixei de lado pra tentar entender o que realmente aconteceu”, disse.

Revolta com os depoimentos

A viúva de MC Kevin comentou ainda que se revoltou com os relatos da modelo, que contou sua versão sobre o momento do ocorrido. “Eu não aceito a Bianca falar que olhou pro dentro do quarto e não viu que o Kevin tava se jogando. Eu não aceito ela falar que viu ele passando a perna [na sacada] e não puxou ele. Eu não aceito isso. Você vê uma pessoa passando a perna e não puxa? Eu não aceito ela não saber o motivo do Kevin ter pulado, não ter falado que ninguém bateu à porta. Como ela está com ele e não sabe por que ele pulou?”, comentou.

“Eu não aceito o Victor falar que em três minutos ele tomou banho, trocou de roupa, saiu e viu o Kevin. Eu não aceito o Kevin estar falando com a mãe dele até 17:27 e, após isso, em meia hora, trinta e oito minutos, acontecer tudo isso”, falou Deolane, indignada.

Briga com o cantor

A advogada também mencionou que não sabia quais quartos eram os dos amigos e a equipe de Kevin, portanto não teria como ter sido ela a supostamente bater na porta e assustar o cantor, fazendo ele tentar fugir pela varanda. Ela disse que acredita que algum dos amigos fez a brincadeira de mau gosto."Eu não tinha como ir nesse quarto. Eu estava dormindo”, afirmou.

Momentos antes do acidente do cantor, Deolane afirmou que discutiu com o marido por causa do pagamento das contas do hotel. "O desentendimento [foi sobre] o pagamento que eu não queria que ele pagasse, porque a van foi vazia e eles teriam que voltar de van… Do jeito que nós vivíamos, pra mim [foi uma discussão] normal. Aí ele falava: ‘Eu não sou seu filhote, não, eu não seu filhote, não’. Porque eu estava falando que ele estava sendo otário pros outros, tipo, querendo mandar nele”, relatou.

Mais Lidas