Empreendedorismo

Comerciante decide empreender e vender quentinhas em carrinho após demissão

Autônoma sonha em ter o próprio restaurante

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 26/05/2021 às 15:56
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Após ter sido demitida, a comerciante Luciene Marina passou a empreender para poder se sustentar. Por gostar tanto de cozinhar, ela decidiu vender quentinhas e transportá-las em um carrinho pelas ruas de Caruaru, no Agreste de Pernambuco.

Diariamente, em uma cozinha improvisada, ela começa a preparar os alimentos. Enquanto prepara os almoços, ela e o filho anotam os pedidos. Depois, quando tudo está pronto, montado e embalado, ela faz as entregas empurrando um carinho pela cidade.

Ela conta que quando vende pouco volta chorando para casa. “Às vezes, o que eu vendo não dá nem para comprar a carne para o dia seguinte. Aí pego um fiado no mercadinho para pagar no outro dia e arrisco para ver se no outro dia vendo mais”, conta ela.

Luciene diz que gostaria de ter o próprio restaurante e sonha com o dia que poder realizar o sonho e também se capacitar de maneira formal.

Veja a reportagem:

Mais Lidas