Saúde

Qual é a principal causa da hipertensão? Saiba mitos e verdades sobre a pressão alta

Confira entrevista com cardiologista na Rádio Jornal Garanhuns

Samara Pontes
Samara Pontes
Publicado em 26/05/2021 às 11:40
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

Em maio, mais uma importante data foi vivenciada: O Dia Mundial da Hipertensão Arterial. No último dia 17, a doença foi relembrada em todo o mundo; e no Consultório da Rádio Jornal Garanhuns, nessa sexta-feira (21), Samara Pontes contou com a participação do cardiologista Célio Cabral.

Dando início à conversa, o especialista trouxe os dados da doença no Brasil, pois do ponto de vista cardiológico é a patologia mais frequente. "Entre 26% e 27% da população jovem tem pressão alta; já a metade da população idosa é hipertensa. São mais de 50 milhões de brasileiros hipertensos. Com a idade este risco aumenta, mas não quer dizer que pessoas mais jovens não terão a doença; adolescentes e até mesmo crianças podem sofrer com pressão alta", disse.

Com relação às causas, o profissional explica que 92% dos casos são hereditários: "Se o pai ou a mãe, ou ambos, são hipertensos a chance dos filhos desenvolverem a doença aumenta consideravelmente. Os outos casos são fatores externos, como a má alimentação e a vida sedentária", esclarece.

A hipertensão é fator de risco para uma série de doenças cardiovasculares, como o infarto e o AVC. "Além das doenças conhecidas e que já são bastante perigosas, temos outro problema igualmente sério que é o desenvolvimento de doenças renais e até mesmo um quadro de insuficiência renal crônica. A hipertensão não tem cura, mas deve ser diagnosticada o quanto antes para evitar as consequências graves do problema. O controle da patologia é realizado por meio de medicação e mudanças no estilo de vida", pontuou Célio Cabral.

Veja entrevista:

Mais Lidas