caso dj ivis

"Você nunca foi um cara de família", declara Pamella após repercussão das agressões de DJ Ivis

A arquiteta compartilhou vídeos denunciando a agressão do companheiro no último domingo (11).

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 12/07/2021 às 9:20
NOTÍCIA
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

A influenciadora e arquiteta, Pamella Holanda, de 27 anos, compartilhou nesta segunda-feira (12) um desabafo em suas redes sociais depois de receber apoio de famosos e anônimos após ter divulgado vídeos em que sofria agressões do seu ex-companheiro, DJ Ivis

Saiba quem é Pamella Holanda, mulher que foi agredida por DJ Ivis

"Eu quero e preciso agradecer todo o apoio que estou recebendo. Dizer que não estou bem, mas que estou segura, eu e minha filha. E dizer também que hoje o meu choro é de alívio por ter certeza que Deus está com a gente, que nunca mais vou viver o que vivi e que não preciso mais fingir pra ajudar ninguém", escrevei nos stories. 

Xand Avião comunica desligamento de DJ Ivis de sua empresa de agenciamento: 'Nada justifica violência'

"Por mim e por você, minha filha, que é mulher. Que estava junto comigo antes de nascer a angústia, o medo. Estamos salvas. Estamos salvas!", disse Pamella ao compartilhar uma foto em que aparece grávida. A filha do casal tem nove meses de idade e aparece nos vídeos compartilhados pela mãe, no meio da discussão, quando a arquiteta era agredida. 

"Acabou a vida de videogame, a vida de novela, de comercial de margarina pra ganhar em cima. E você nunca foi um cara família, até por que você não sabe o que é ser uma", concluiu.

Pamella compartilhou o desabafo nas redes sociais
Pamella compartilhou o desabafo nas redes sociais
Reprodução/Instagram

Repercussão do caso

O colunista Léo Dias, do Metrópole, informou que o cantor agrediu a esposa no começo do mês e teria ameaçado ela com uma faca. Ivis e a esposa foram levados a uma delegacia no Ceará, mas o músico não chegou a ser preso. As imagens publicadas por Pâmella não destacam quando as agressões teriam ocorrido. 

Após Pâmella publicar os vídeos, Ivis se pronunciou sobre o caso e tentou se justificar por meio de vídeos no Instagram. Ele disse que os vídeos publicados pela esposa estavam cortados e fora de contexto. Ele compartilhou também um print de um boletim de ocorrência prestado contra a mulher, porque ela não aceitava o fim do relacionamento e "por inúmeras vezes" havia ameaçado se matar ou desaparecer com a filha deles.

"Eu já tive que me embolar no chão com ela, com a mãe dela, com a minha empregada, pra ela não se jogar do hall do 10º andar. Vocês não sabem o que é isso. (...) Eu não aguentava mais chantagem não, cara", declarou.

Após a repercussão, o cantor Xand Avião comunicou na noite do último domingo (11) o desligamento de DJ Ivis da produtora Vybbe, da qual é um dos sócios. Xand foi um dos responsáveis por agenciar a carreira de DJ Ivis. Os dois tinham parceria musical há anos e o ex-cantor de Aviões do Forró era um dos principais nomes da música que apoiaram Ivis. Juntos, os dois lançaram músicas como "Não Pode Se Apaixonar" e "Vai Sentar No Pai" que, juntas, somam mais de 200 milhões de visualizações no YouTube.

Ivis chegou a tocar na live de São João de Xand, no dia 26 de junho. "Quero dizer que já designei minha equipe para falar com a Pamela, para ajudar no que ela precisar. Estou muito triste pois todo mundo sabe da minha ligação com o DJ, mas nada justifica violência, ainda mais contra uma mulher. Como todo mundo sabe o DJ faz parte da Vybbe, mas infelizmente não tem como ele continuar na nossa empresa", afirmou Xand.

Mais Lidas