Polícia

Pamella Holanda presta depoimento por agressões de DJ Ivis

Mulher divulgou vídeos no domingo que mostravam o ex a agredindo

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 13/07/2021 às 9:50
NOTÍCIA
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

A ex-esposa do DJ Ivis, Pamella Holanda, prestou depoimento na tarde dessa segunda-feira (12) na Delegacia Delegacia Metropolitana em Eusébio, Fortaleza. Outras duas testemunhas também estiveram no local para depor.

Pamella divulgou vídeos nesse domingo (11) em que mostram o ex a agredindo no dia 1º de julho. As imagens repercutiram bastante nas redes sociais. Após as agressões, no dia 3 de julho, a mulher fez um boletim de ocorrência contra o DJ e no dia 4 foi emitida pelo Tribunal de Justiça do Ceará uma medida protetiva para Pamella e a filha dela.

"As imagens das câmeras do circuito interno da residência, que comprovam as agressões, divulgadas em redes sociais nesse domingo, 11, não tinham sido apresentadas à Polícia. Mais detalhes serão repassados em momento oportuno do para não comprometer os trabalhos policiais", disse a Delegacia de Esébio por meio de nota.

Pamella revela que estava grávida na primeira vez em que foi agredida por DJ Ivis: "Tentou me estrangular"

*Com informações de O Globo

Entenda o caso

Pamella Holanda, esposa de Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, divulgou em suas redes sociais uma série de vídeos que mostram agressões do músico contra ela dentro de casa. Algumas das imagens mostram, inclusive, que as agressões chegaram a acontecer na frente da filha do casal, de 9 meses de idade.

> Vídeo mostra DJ Ivis agredindo a companheira; cantor foi levado à delegacia e liberado

Após Pâmella publicar os vídeos, Ivis se pronunciou sobre o caso e tentou se justificar por meio de vídeos no Instagram. Ele disse que os vídeos publicados pela esposa estavam cortados e fora de contexto. Ele compartilhou também um print de um boletim de ocorrência prestado contra a mulher, porque ela não aceitava o fim do relacionamento e "por inúmeras vezes" havia ameaçado se matar ou desaparecer com a filha deles.

"Eu já tive que me embolar no chão com ela, com a mãe dela, com a minha empregada, pra ela não se jogar do hall do 10º andar. Vocês não sabem o que é isso. (...) Eu não aguentava mais chantagem não, cara", declarou.

Mais Lidas