repercussão

Pamella revela que estava grávida na primeira vez em que foi agredida por DJ Ivis: "Tentou me estrangular"

A arquiteta contou que o ex-companheiro é "extremamente explosivo e agressivo"

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 13/07/2021 às 7:45
NOTÍCIA
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

Após denunciar o ex-companheiro, o DJ Ivis, nas redes sociais no domingo (11), Pamella Holanda revelou, em entrevista a Léo Dias, do portal Metrópoles, que estava grávida na primeira vez em que foi agredida por ela. Os dois são pais de uma menina de apenas nove meses de idade.

Pamella contou na entrevista que Ivis é "extremamente explosivo e agressivo. É um cara que não tem paciência com nada e explode com tudo. Ele não é nada do que mostra e aparenta nos stories dele, todo alegre. Ele é assim com todo mundo, e todos sabem."

Agressões aumentaram com o tempo

A arquiteta e influenciadora contou que as agressões começaram depois que Ivis foi confrontado por ela sobre supostas traições. O músico teria espancado ela depois de ser confrontado ao voltar de uma viagem.

"Eu sempre pegava ele em conversa com outras mulheres, até dentro do banheiro em chamada de vídeo", conta. "Um dia deitei com ele na cama e resolvi mostrar o print da traição que rolava em grupos do WhatsApp. Foi na hora que ele quebrou meu telefone, jogou na porta e veio pra cima de mim", disse Pamella.

Ela contou ainda os detalhes da agressão: "Tentou me estrangular no banheiro e na cama. E o tempo todo dizendo que iria fazer uma besteira, que iria me matar. Me deu uma cotovelada no olho, me encheu de socos nas costas. Fiquei cheia de hematomas. Ele quebrou meu telefone, me espancou, a mãe e a babá ouviram. A mãe dele chegou a dizer que não tinha nada em meu olho e que eu ficasse calada, porque eu tinha tudo."

Além das agressões, DJ Ivis chegava a deixar a esposa presa em casa, sem dinheiro, cartão e comida. "Barrava até a farmácia na portaria", disse.

Mais Lidas