Violência

Saiba detalhes sobre a prisão do DJ Ivis após divulgação de vídeos de agressão

Segundo secretário de Segurança, músico já estava sendo monitorado antes de ser preso

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 15/07/2021 às 12:58
NOTÍCIA
Reprodução/Instagram
FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

O DJ Ivis foi preso na tarde dessa quarta-feira (14) após a divulgação de vídeos em que aparece agredindo a ex-esposa, Pamella Holanda. De acordo com informações repassadas pelo secretário de Segurança, Sandro Caron, durante uma coletiva da polícia, o músico já estava sendo monitorado pela polícia antes da prisão para evitar fuga.

Ainda segundo o secretário, entre a expedição do mandado de prisão e a captura do DJ houve um intervalo de 10 minutos. O homem foi conduzido para a Delegacia de Eusébio, onde ficou em silêncio. Ele passou por exames periciais e está aguardando a audiência de custódia.

De acordo com o secretário, Ivis está em uma cela com outros detento suspeitos de cometer o mesmo tipo de crime. Nove pessoas já foram ouvidas e a mãe de Pamella deve depor na próxima semana.

DJ Ivis é preso em Fortaleza

Funcionário de DJ Ivis diz que "travou" e não interferiu ao presenciar agressões

Dois inquéritos devem ser instalados, o primeiro está relacionado à agressão sofrida no dia 1º de junho e o segundo está ligado às agressões ocorridas no ano passado, captadas pelas câmeras de segurança da residência do casal.

*Com informações de Marco Meireles

Relembre o caso

No último domingo (11), a ex-esposa do DJ Ivis, Pamella Holanda, divulgou vários vídeos nas redes sociais em que mostram agressões do músico contra ela. Algumas das imagens mostram as agressões em frente a filha do casal, de 9 meses de idade. Desde então, o caso viralizou na internet.

Após a publicação das imagens, Ivis se pronunciou e tentou se justificar no Instagram. Ele disse que as imagens publicadas pela ex estavam cortados e fora de contexto. Ele compartilhou também um print de um boletim de ocorrência prestado contra a mulher, porque ela não aceitava o fim do relacionamento e "por inúmeras vezes" havia ameaçado se matar ou desaparecer com a filha deles.

Mais Lidas