nacional

Sem passaporte da vacina, Bolsonaro reclama que foi barrado no jogo do Santos

O presidente disse que foi impedido de assistir à partida porque não se vacinou contra a Covid-19. O time, por sua vez, nega que tenha recebido qualquer contato da equipe de Bolsonaro.

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 11/10/2021 às 7:50
NOTÍCIA Notícia
Reprodução
Bolsonaro diz que foi barrado no jogo do Santos - FOTO: Reprodução
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, na tarde do último domingo (10), que foi impedido de assistir ao jogo do Santos por não ter o passaporte da vacina. O chefe do Executivo se recusou a tomar o imunizante contra a Covid-19 e a exigência da imunização para entrar em alguns espaços é feita em diversas cidades.

..

Em São Paulo, por exemplo, a exigência da vacinação é feita para acesso a eventos de grande porte. "Por que cartão, passaporte da vacina? Eu queria ver o jogo do Santos. Agora me falaram que tem que estar vacinando. Por que isso? Eu tenho mais anticorpos de que quem tomou a vacina", disse o presidente.

Time nega versão de Bolsonaro

De acordo com o UOL, fontes ligadas ao Santos afirmaram que Bolsonaro não entrou em contato com o time e que eles não recusariam um convite para o presidente assistir ao jogo contra o Grêmio, no estádio da Vila Belmiro.

Por meio de nota, o time afirmou que "não foi procurado pela equipe do presidente. O Clube segue os protocolos da CBF, que, por sua vez, segue as normas sanitárias da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária)".

Comentários

Mais Lidas