Internacional

Comandande militar do Talibã em Cabul é morto após ataque a hospital no Afeganistão

Ao menos 19 pessoas morreram e outras 50 ficaram feridas no ataque.

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 03/11/2021 às 11:04
Notícia
AFP
O Talibã assumiu o controle da capital afegã Cabul no dia 15 de agosto e anunciou um novo governo no mês passado - FOTO: AFP
Leitura:

Na última terça-feira (2), o comandante militar do Talibã em Cabul, Hamdullah Mokhlis, morreu durante um ataque ao maior hospital militar do Afeganistão. O atentado deixou dezenas de mortos e feridos.

..

Mokhlis foi morto enfrentando combatentes do Estado Islâmico junto com outros membros do Talibã e sua morte foi confirmada nesta quarta-feira (3). Ao menos 19 pessoas morreram e 50 ficaram feridas.

O atentado foi reivindicado pelo Estado Islâmico de Khorasan (EI-K), grupo radical que é inimigo do Talibã. O ataque começou com um suicida com bomba e foi seguido pela entrada de homens armados no hospital.

 

Estado Islâmico

O ataque registrado na terça-feira é somado a uma lista de atentados e assassinatos cometidos pelo Estado Islâmico desde que o Talibã voltou ao poder no Afeganistão. 

Há menos de três semanas, outro ataque, que foi marcado por uma explosão em uma mesquita em Kandahar, a segunda maior cidade do país, deixou mais de 30 mortos e 60 feridos. Antes disso, uma explosão deixou mais de 100 mortos e feridos na cidade de Kunduz.

Comentários

Mais Lidas