pandemia

Estudo afirma que não vacinados contra a Covid têm 16 vezes mais risco de morte

Governo australiano diz que 63% dos infectados pela Delta, entre junho e setembro, não tinham sido imunizados.

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 09/11/2021 às 11:41
Notícia
Reprodução/BBC News Brasil
Fungo negro: rara infecção afeta pacientes com covid-19 - FOTO: Reprodução/BBC News Brasil
Leitura:

Um relatório do estado Nova Gales do Sul (NSW), na Austrália, concluiu que pessoas não vacinadas contra a Covid-19 têm 16 vezes mais probabilidade de precisar de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ou morrer pela infecção com o vírus. O país acabou de passar por restrições sociais após alguns casos confirmados começa a volta da rotina, com flexibilizações.

..

Os dados do departamento de saúde da Austrália mostraram que das 412 pessoas que morreram no surto do Delta, ao longo de quatro meses até o início de outubro, apenas 11% delas foram totalmente vacinadas. A idade média dessas mortes foi de 82 anos.

Cerca de 3% das pessoas que precisaram de UTI receberam duas doses de vacina, enquanto mais de 63%, dos 61.800 casos detectados entre 16 de junho e 7 de outubro, não foram vacinados.

A Austrália permaneceu praticamente livre da Covid-19 este ano, até que um surto da variante Delta em junho e levou a um bloqueio de meses em Sydney, Melbourne, maiores cidades do país, e na capital nacional de Canberra.

As cidades atingidas pelo vírus estão em processo de flexibilização das restrições depois de passar as metas de vacinação de 70% e 80%.

Comentários

Mais Lidas