Saúde

Veja o que se sabe sobre nova variante da covid-19 detectada na África do Sul

Cepa foi classificada como uma 'Variante de Preocupação'

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 26/11/2021 às 18:13
Notícia
PixaBay
coronavírus - FOTO: PixaBay
Leitura:

A nova variante da covid-19 detectada no continente africano foi batizada de Omicron pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A cepa foi classificada como uma Variante de Preocupação por causa da grande quantidade de mutações que, de acordo com a OMS, algumas apresentam características preocupantes.

..

Até então, ela segue restrita a uma Província sul-africana, portanto ainda não se sabe o quão transmissível ela pode ser. Segundo a UOL, foram confirmados 77 casos na Província de Gauteng, na África do Sul; quatro casos em Botswana; e um em Hong Kong, diretamente relacionado a uma viagem à África do Sul.

"Neste momento, há muitos estudos em andamento e muito trabalha na África do Sul e em outros países para que se possa caracterizar melhor a variante em termos de transmissibilidade, severidade e qualquer tipo de impacto em medidas de combate, como o uso de kits diagnósticos, terapias e vacinas", explicou a líder técnica de resposta à covid-19 da OMS, Maria Van Kerkhove.

Ainda de acordo com a OMS, a classificação de Variante de Preocupação, necessita que os governos fiquem atentos. “Essa nova Variante de Preocupação Omicron ressalta da necessidade de acelerar a equidade vacinal e de fazer imunizar contra a covid-19 profissionais de saúde, pessoas idosas e outros em risco e que ainda não receberam a primeira e a segunda dose”, disse a OMS.

Restrição de voos

Nesta sexta-feira (26), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou uma nota técnica em que recomenda ao governo brasileiro medidas de restrição para voos e viajantes procedentes da África do Sul, de Botsuana, de Eswatini, do Lesoto, da Namíbia e do Zimbábue. A decisão foi tomada por causa do registro da nova variante da covid-19. 

A nota recomenda medidas restritivas temporárias para voos e viajantes procedentes dos seis países onde foram detectadas a variante. Países como Itália, Alemanha e Reino Unido já começaram a adotar medidas de restrição de trânsito de viajantes vindos desses locais. 

Por causa de nova variante da Covid, Anvisa recomenda restrições de voo

*Com informações da UOL e Agência Brasil

Comentários

Mais Lidas