Auxílio

Cerca de 625 mil pessoas devem devolver Auxílio Emergencial ao Governo; veja se você está na lista

Este é o terceiro lote de notificações feitas pelo Ministério da Cidadania

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 30/11/2021 às 12:33
Notícia
Agência Brasil
Duas apostas acertaram as seis dezenas da Mega da Virada 2020 - FOTO: Agência Brasil
Leitura:

O Ministério da Cidadania irá notificar pessoas que receberam indevidamente recursos do Auxílio Emergencial e necessitam ajustar contas com o governo. Cerca de 625 mil notificações serão feitas até esta terça-feira (30) através de mensagens de celular (SMS). Este é o terceiro lote de mensagens de 2021.

Segundo o ministério, os recados serão enviados para trabalhadores que receberam recursos de forma indevida por não se enquadrarem nos critérios de elegibilidade do programa. Pessoas com indicativo de recebimento de um segundo benefício assistencial, como aposentadoria, seguro desemprego ou Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda, "ou aquelas com vínculo empregatício na data do requerimento do Auxílio Emergencial, ou identificadas com renda incompatível com o recebimento, dentre outros casos, serão notificadas.

..

Como será a notificação

As mensagens enviadas pelo Ministério da Cidadania contêm o registro do CPF do beneficiário e o link iniciado com gov.br.

"Elas serão enviadas pelos números 28041 ou 28042. Qualquer SMS enviado de números diferentes desses, com este intuito, deve ser desconsiderado", afirma o ministério.

Como devolver

Quem receber o SMS relativo às DARF em aberto deverá efetuar o pagamento ou acessar o site gov.br/dirpf21ae para denunciar fraude, se for o caso, ou informar divergência de valores.

Quem não possui DARF em aberto, mas tem valores a devolver, precisa acessar o site gov.br/devolucaoae e inserir o CPF do beneficiário.

Comentários

Mais Lidas