Saúde

Anvisa avalia 2º pedido de aplicação da vacina CoronaVac em crianças e adolescentes de 3 a 17 anos

Órgão tem 30 dias para avaliar

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 16/12/2021 às 11:30
Notícia
Hugo Dourado/SES-PE
Vacina Coronavac - FOTO: Hugo Dourado/SES-PE
Leitura:

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está avaliando um novo pedido do Instituto Butantan para aplicar a vacina contra covid-19 CoronaVac em crianças e adolescentes entre 3 e 17 anos.

..

Para que o grupo seja incluído, a Anvisa disse através de nota que o laboratório necessitará conduzir “estudos que demonstrem a relação de segurança e eficácia para determinada faixa etária”.

A Anvisa terá um prazo de até 30 dias para avaliar o pedido. “Este é o segundo pedido do laboratório para indicação do imunizante para essa faixa etária. O primeiro, apresentado em julho, foi avaliado pela Anvisa e negado devido à limitação de dados dos estudos apresentados naquele momento”, disse a Anvisa.

Atualmente, a CoronaVac tem autorização para utilizar emergencialmente a vacina no Brasil apenas para pessoas acima de 18 anos.

Pfizer

Nesta quinta-feira (16), a área técnica da Anvisa se reúne publicamente para analisar o pedido de aplicação da vacina da Pfizer em crianças de 5 a 11 anos. No dia 12 de novembro, ao pedir autorização a Anvisa, a Pfizer explicou que a dosagem da vacina seria ajustada e menor do que aquela aplicada em maiores de 12 anos.

Comentários

Mais Lidas