No Rio Grande do Sul

Idosa acorda após ser dada como morta por três médicos

Um funcionário da funerária encontrou a idosa com o braço levantado e olho aberto

Bruna Padilha
Bruna Padilha
Publicado em 08/01/2022 às 11:59
Notícia
Pixabay
Imagem meramente ilustrativa - FOTO: Pixabay
Leitura:

Uma idosa de 78 anos foi encontrada viva por um funcionário da funerária após ser dada como morta por três médicos, na cidade de Cidreira, no Rio Grande do Sul. De acordo com os familiares, a mulher sofreu um ataque cardíaco na manhã de 30 de dezembro, sendo entubada ao chegar no posto de saúde e uma hora depois foi declarada morta.

..

Os familiares foram ao cartório registrar o óbito e estavam escolhendo o caixão quando foram avisados pelo funcionário da funerária, que iria recolher o corpo, que ao chegar no posto ele encontrou a idosa com o braço levantado e o olho aberto, como se pedisse ajuda.

Ela foi encaminhada para o hospital Santa Casa de Porto Alegre, onde está internada e sem previsão de alta. Uma equipe de três médicos que atenderam a idosa, asseguraram que ela ficou por 40 minutos, sofrendo um choque séptico, depois de uma infecção generalizada que causou a falência de órgãos.

Foi registrado um boletim de ocorrência pela família e o caso está sendo investigado pela Polícia Civil e pela direção-geral do hospital. A casa de saúde abriu um procedimento administrativo para apurar a conduta da equipe médica.

 

Comentários


Mais Lidas