covid-19 e H3N2

Novas restrições começam a valer nesta sexta-feira em Pernambuco; veja o que muda

As medidas são válidas até o dia 31 de janeiro e apontam novas determinações de funcionamento para eventos, restaurantes, cinemas, teatros

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 14/01/2022 às 7:53
Notícia
MARCELO APRÍGIO/SJCC
Capitais como Porto Alegre, Curitiba, Vitória, Campo Grande e São Luís, ainda não exigem o comprovante - FOTO: MARCELO APRÍGIO/SJCC
Leitura:

Começam a valer nesta sexta-feira (14) as novas medidas decretadas pelo Governo de Pernambuco para conter o avanço das contaminações por Covid-19 e pela nova cepa da H3N2 no Estado. Os registros de casos confirmados das duas doenças têm provocado superlotação dos leitos públicos de UTI, com pacientes apresentando quadro de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag).

Veja lista de shows cancelados em Pernambuco após aumentos de casos de Covid-19

..

Serviços de alimentação e bebidas, como bares e restaurantes, cinemas, teatros e até grande eventos passam a funcionar com novas medidas restritivas até, pelo menos, o dia 31 de janeiro. Além da apresentação do passaporte vacinal, alguns locais irão exigir ainda teste com resultado negativo para a Covid-19. 

Eventos com redução de público e aumento da exigência do passaporte vacinal: veja novas restrições em Pernambuco

O que muda com as novas restrições em Pernambuco?

Eventos

O número máximo de pessoas em eventos será de três mil pessoas em locais abertos ou 50% da capacidade do espaço que for menor, e mil pessoas em locais fechados. Para participar dos eventos será necessário apresentar comprovação de duas doses da vacina e teste negativo para Covid-19, realizado com 24 horas de antecedência para exames de antígeno e com 48 horas para exames de RT-PCR.

Restaurantes

Para acesso aos serviços de alimentação, será necessário apresentar passaporte vacinal com duas doses ou dose única para pessoas até os 54 anos de idade e, a partir dos 55, também o comprovante da dose de reforço. A quantidade de pessoas por mesa não pode passar de 20. A medida vale para restaurantes, bares e lanchonetes, inclusive de shoppings e centros comerciais. 

Cinemas, teatros e museus

Para acesso a estes locais, vale a mesma regra dos serviços de alimentação. Além disso, deve ser respeitado o distanciamento de um metro entre as pessoas que não sejam do mesmo núcleo familiar. Caso haja mais de 300 pessoas no ambiente, será exigida a apresentação de um teste negativo para Covid-19, sendo com 24 horas de antecedência para exames de antígeno e de 72 horas para exames de RT-PCR.

Comentários


Mais Lidas