Em Belo Horizonte

Mãe é impedida de assistir aula com bebê de 11 meses em faculdade: "sentimento de impotência"

Coordenadora informou que faculdade não é lugar de criança e ela teria que repensar os estudos

Bruna Padilha
Bruna Padilha
Publicado em 11/02/2022 às 15:32
Notícia
Divulgação
Faculdade de Belo Horizonte impede de estudante assistir aula acompanhada de filha de 11 meses - FOTO: Divulgação
Leitura:

Melissa Faria, de 20 anos, é mãe de uma bebê de 11 meses em Belo Horizonte e foi impedida de assistir a aula do curso de direito pela Faminas (Faculdade de Minas), por estar com a criança. Seu relato nas redes sociais ela desabafou sobre o caso que aconteceu na terça-feira (8).

..

“Quando eu entrei no prédio da faculdade, uma moça que estava passando me ajudou a subir o carrinho de bebê pelas escadas, e ao passar pela catraca os seguranças me barraram, alegando que eu não poderia entrar com a criança. Em nenhum momento foram grosseiros comigo, porém, precisaram chamar a coordenadora para conversar comigo. Ela me disse que a faculdade não é lugar para crianças, pois é uma instituição de ensino superior.”, contou a mãe.

Depois de ser impedida, ela ainda argumentou que não tinha alguém de confiança com quem deixar a filha e estava a levando para não faltar a aula. Além da amamentação, que é um direito da criança, pelo Estatuto da Criança e do Adolescente. De acordo com a legislação, o poder público as instituições devem oferecer condições adequadas para o aleitamento.

A coordenadora ainda informou que por não ter com quem deixar, Melissa deveria repensar seus estudos. Assim, ela contou que voltou pra casa com um nó na garganta e o sentimento de impotência.

Em entrevista ao UOL, a estudante contou que mora a sete meses na cidade com o noivo e a filha, por isso não tem quem possa ajudá-los.

Faculdade

Em nota, a Faminas fez um pedido de desculpas, informando que assume “o compromisso de não permitir, em hipótese alguma, que incidentes como este se repitam na Faculdade.”. Segundo a instituição, a informação foi recebida com “surpresa e indignação” e que eles não compactuam com tal posicionamento, tal ação não faz parte das diretrizes

Ao UOL, Melissa informou que entrou em um acordo com a faculdade.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por FAMINAS BH (@faminas_bh)

Comentários


Mais Lidas