Economia

De onde vem o dinheiro que o Banco Central liberou? Veja como consultar se tem valores a receber

Consulta foi liberada nessa segunda-feira (14)

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 15/02/2022 às 7:41
Notícia
Wilson Dias/Agência Brasil
Banco Central libera consulta a valores esquecidos - FOTO: Wilson Dias/Agência Brasil
Leitura:

O Banco Central (BC) liberou a consulta ao dinheiro que os cidadãos haviam "esquecido" nos bancos. O site criado pelo órgão permite que os brasileiros consultem se há algum valor disponível, mas muitas pessoas estão em dúvida de onde vem o dinheiro que o Banco Central liberou.

..

Na primeira etapa, foi liberada a consulta a valores "esquecidos" vindos de contas-correntes ou poupanças encerradas e não sacadas; cobranças indevidas de tarifas ou de obrigações de crédito previstas em termo de compromisso assinado com o BC; cotas de capital e rateio de sobras líquidas de associados de cooperativas de crédito; e grupos de consórcio extintos.

A segunda etapa deve começar em maio e permitirá a consulta de valores vindos de cobranças indevidas de tarifas ou obrigações de crédito não previstas em termo de compromisso; contas de pagamento pré-paga e pós-paga encerradas e com saldo disponível; contas encerradas em corretoras e distribuidoras de títulos e de valores mobiliários; além de demais situações que resultem em valores a serem devolvidos que foram reconhecidas pelas instituições financeiras.

Como consultar o dinheiro "esquecido" no Banco Central

  1. Acesse a página do Sistema Valores a Receber (SVR).
  2. Segundo o Banco Central, para fazer a consulta, é preciso o número do CPF para pessoas físicas, e CNPJ para empresas.
  3. O site exibirá a data que o cidadão deverá consultar valores e para solicitar saque.
  4. O cidadão deverá voltar ao site do Sistema Valores a Receber na data mostrada na página.
  5. Acesse o site utilizando seus dados do cadastro gov.br. Se não tiver cadastro, é necessário criar um antes.
  6. Após acessar, consulte o valor e peça a transferência.

Comentários


Mais Lidas