Insegurança

Homem é suspeito de realizar assaltos montado a cavalo no Agreste de Pernambuco; veja vídeo

Moradores ficaram assustados

Marilia Pessoa
Marilia Pessoa
Publicado em 02/05/2022 às 9:35 | Atualizado em 02/05/2022 às 17:01
Notícia
Reprodução/Whatsapp
Homem é suspeito de realizar assaltos montado a cavalo no Agreste de Pernambuco - FOTO: Reprodução/Whatsapp
Leitura:

Um homem é suspeito de realizar assaltos montado a cavalo no bairro da Cohab 2 em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, na noite desse domingo (1º).

O suspeito chegou a praticar cinco assaltos em uma mesma rua, deixando moradores assustados. Vários pertences como celulares, carteiras e bolsas foram levados.

..

A polícia foi acionada, mas até o momento o suspeito ainda não foi preso.

A ação do suspeito foi registrada por câmeras de segurança.

Confira o vídeo:

Nota da Polícia Civil

A Polícia Civil de Pernambuco informa que está investigando a ocorrência de roubos praticados por um homem montado a cavalo em Garanhuns. Os trabalhos estão avançados no sentido de identificar e localizar o suspeito. Atualmente, apenas duas ocorrências foram denunciadas. Por isso, é fundamental que as vítimas procurem a Delegacia de Polícia de Garanhuns para formalizar a queixa e colaborar com informações que ajudem a materializar o crime e robustecer o inquérito policial. Denúncias também podem ser feitas à Ouvidoria da SDS, com anonimato garantido, pelo telefone 0800.081.5001 (ligação gratuita). É um serviço que funciona como disque-denúncia.

As forças de segurança estão trabalhando de forma integrada, em ações das polícias Civil e Militar (por meio do 9º Batalhão), para prevenir e reprimir os roubos e todas as modalidades criminosas na cidade de Garanhuns e Região. Os crimes patrimoniais, por exemplo, vêm caindo mês a mês no município. Entre janeiro e março de 2022, a redução nos roubos foi de 18%. Operações de repressão qualificada e de policiamento ostensivo estão em curso para desarticular grupos e proporcionar mais tranquilidade para a população de Garanhuns e do Agreste pernambucano.

*Informações de Eduardo Peixoto, da Rádio Jornal Garanhuns

Comentários

Mais Lidas