São João

Secretaria de Educação de Bom Conselho vai pagar R$ 350 mil para João Gomes fazer show

Veja os valores e demais artistas contratados

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 13/05/2022 às 8:46 | Atualizado em 13/05/2022 às 8:48
Notícia
Instagram.
João Gomes - FOTO: Instagram.
Leitura:

Durante os festejos juninos, a Secretaria Municipal de Educação de Bom Conselho, no interior de Pernambuco, vai pagar R$ 1.120.000,00 (um milhão cento e vinte mil reais) para vários cantores se apresentarem no município.

O maior cachê vai para o cantor João Gomes, que vai receber R$ 350 mil da prefeitura.

..

Na cidade de Serra Talhada também haverá show com João Gomes, no valor de R$ 350 mil, mas a diferença é que o custo será arcado pela Empetur, de acordo com extrato publicado no Diário Oficial.

Veja os valores e demais artistas contratados:

  • A dupla César Menotti e Fabiano foi contemplada com cachê de R$ 200 mil
  • A cantora Priscila Senna vai receber R$ 120 mil
  • Já Marcinho Sensação vai receber R$ 200 mil de cachê
  • A VF Shows Produções LTDA, do cantor Vitor Fernandes e Banda, vai receber R$ 200 mil
  • Para a Sim Serviços de Organização de festas, eventos e formatura LTDA, do Luka Bass, é destinado valor de R$ 50 mil

Todas as informações constam do Diário Oficial. Segundo o ato, os valores serão pagos pelo Fundo Municipal de Educação da cidade.

Em nota, a Prefeitura de Bom Conselho diz que o Departamento de Cultura Municipal, do qual é a unidade que de fato irá ficar responsável pelas festividades, está vinculado à Secretaria de Educação, Cultura, Esportes, Lazer, Juventude e Turismo.

"Desta feita, não será a Secretaria de Educação que irá pagar com recursos próprios, muito menos recursos federais, as futuras atrações após todo trâmite legal, mas sim o Departamento de Cultura Municipal, com aportes do FPM - Fundo de Participação dos Municípios, que administrativamente e orçamentariamente conforme Lei Orçamentária Anual, está vinculado a Secretaria de Educação, Cultura, Esportes, Lazer, Juventude e Turismo", diz.

 

*Com informações do JC


Comentários

Mais Lidas