PREJUÍZO FINANCEIRO

GOLPE DO PIX: Mulher quase cai em golpe do falso depósito do Pix e comprovante "Transfer-Ido" vira meme; Confira

A nutricionista usou as redes sociais para compartilhar a tentativa de golpe sofrida e um detalhe chamou atenção dos internautas; Entenda

Anderson Alves
Anderson Alves
Publicado em 27/05/2022 às 14:32
Notícia
Divulgação
Golpe do Pix: Mulher quase cai e tem prejuízo de R$ 4,2 mil - FOTO: Divulgação
Leitura:

A nutricionista Jéssica Rodriguez, de 24 anos, compartilhou em suas redes sociais os detalhes de uma tentativa de golpe sofrida na última quarta-feira (25).

Jéssica, que também é empresária e tem uma loja virtual, tinha vendido ao golpista, R$ 3,2 mil em roupas. O que chamou atenção é que durante o pagamento, o cliente fez uma montagem pouco convincente de um comprovante de pagamento via pix.

O print enviado para Jéssica mostrava o que seria a confirmação de um pagamento. Porém, no botão ‘Transferir’, o cliente que tentou aplicar o golpe acrescentou um ‘Ido’. A tentativa de golpe do Pix virou chacota entre usuários do Twitter.

..

'Transferir-Ido'

“Gente, agora eu tô rindo, mas na hora eu fiquei muito nervosa!”, disse Jéssica Rodriguez ao Portal G1.

Entenda a história

Jéssica comemorou quando recebeu um pedido no total de R$ 3.200, em sua loja de roupas on-line. “Estranhei, mas fiquei muito feliz”, contou. “Foram peças variadas, a maioria jeans, que são as mais caras da minha loja”, lembrou Jéssica.

Segundo ela, o comprador não quis pagar adiantado por ser um valor muito alto e combinou de fazer o pix no dia da entrega.

Quando o dia chegou, Jéssica chamou um carro por aplicativo e colocou os produtos dentro. "Mandei foto... tudo ao vivo: ‘Estou despachando agora, o Uber é esse’. E ele falou que na metade do caminho faria a transferência”, narrou a empresária.

Com as roupas à caminho, o golpista começou a dar desculpas, alegando ter lentidão e instabilidade no sistema do banco. “A foto tá carregando. Desculpa, meu celular é muito travado. iPhone 6, sabe como é”, escreveu.

Esperta, Jéssica, alertou o motorista de aplicativo da situação estranha: “Se eu não te der o OK, não entrega, porque eu tô achando que é golpe!”

Um primeiro print chegou. “Tela preta! É golpe, né?”, reclamou a empresária. “Aí ele me mandou o print que viralizou.”

Segundo ela, após o envio do print falso e as reclamações da empresária, o comprador desapareceu.

Comentários

Mais Lidas