auxílio emergencial

AUXÍLIO EMERGENCIAL R$ 2,5 MIL: Pagamento começa a ser feito nesta quarta-feira (15); saiba se você vai receber

Pagamento do Auxilio Emergencial de R$ 2,5 mil começa a ser feito nesta quarta (15)

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 14/06/2022 às 19:53 | Atualizado em 14/06/2022 às 20:16
Notícia
Foto: USP Imagens/Fotos Públicas
Pagamento do Auxilio Emergencial de R$ 2,5 mil começa a ser feito nesta quarta (15) - FOTO: Foto: USP Imagens/Fotos Públicas
Leitura:

Um Auxílio Emergencial de R$ 2,5 mil foi liberado para algumas pessoas neste mês de junho e o pagamento vai começar a ser feito a partir desta quarta-feira (15).

Confira abaixo quem tem direito e como fazer para receber o Auxílio Emergencial de R$ 2,5 mil.

AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$ 2,5 MIL; AUXÍLIO EMERGENCIAL DE DOIS MIL E QUINHENTOS REAIS

O Auxílio Emergencial de R$ 2,5 mil foi liberado neste mês de junho para as pessoas vítimas das fortes chuvas no Recife no fim de maio e início deste mês.

O valor é uma junção do valor disponibilizado pela prefeitura da capital pernambucana, de R$ 1 mil, mais os R$ 1,5 mil liberados pelo Governo de Pernambuco.

QUEM TEM DIREITO A RECEBER AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$ 2,5 MIL

Estão aptas para receber o Auxílio Emergencial de R$ 2,5 mil famílias que foram prejudicadas com as fortes chuvas no Recife no fim do mês de maio e tenham cadastro no CadÚnico.

Caso não possua cadastro no CadÚnico, a família, que possua renda mensal de até três salários mínimos, deve realizar cadastro.

..

Até agora, são 2.300 famílias cadastradas para receber R$ 2,5 mil. Do total, R$ 1,5 mil serão repassados pelo governo do Estado e R$ 1 mil pela Prefeitura do Recife.

COMO FAZER PARA RECEBER AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$ 2,5 MIL?

As famílias selecionadas para receber o Auxílio Emergencial de R$ 2,5 mil serão avisadas pelo WhatsApp oficial da Prefeitura do Recife, de número (81) 99117.140, quando o valor for depositado.

Para ter acesso ao pagamento, é preciso baixar o aplicativo da Carteira BB, do Banco do Brasil e seguir as instruções de cadastro de dados pessoais do Representante Familiar que está cadastrado no CadÚnico e informar uma senha.

Para finalizar o processo, o usuário precisa estar próximo a um caixa eletrônico do banco e realizar o saque do benefício.

Caso o beneficiário não possua celular, deve procurar um dos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) ou Centros de Referência da Assistência Social (Cras) para receber uma ordem bancária. Junto a ela, deve levar o CPF e realizar o saque na boca do caixa.

Com informações do JC

 

Comentários

Mais Lidas