Assembleia

Trabalhadores dos Correios decidem adiar greve em Pernambuco

Após acordo com o Tribunal Superior do Trabalho (TST), categoria suspendeu greve até o fim do mês

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 01/08/2019 às 9:48
NOTÍCIA
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
FOTO: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Leitura:

Os trabalhadores do Correios decidiram em assembleias realizadas no Recife, em Caruaru, no Agreste, e Petrolina, no Sertão, nessa quarta-feira (31) adiar a greve da categoria em Pernambuco. De acordo com o diretor do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios em Caruaru, Jim Kelly, a categoria rejeitou a proposta apresentada pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT).

"Ontem a categoria fez a discussão sobre a campanha salarial, rejeitou a proposta da empresa que foi apresentada no dia 30, proposta essa que retirava vários direitos dos trabalhadores. Tinha um reajuste salarial de 0,8% e ainda assim mensalidade altíssima para manter os pais no plano de saúde", detalha.

Apesar de rejeitar a proposta, os trabalhadores decidiram continuar as negociações até o dia 31 de agosto, após um acordo feito durante mediação no Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Greve é último estágio

Caso durante este período uma nova proposta não seja apresentada e aprovada pela categoria, os trabalhadores poderão deflagrar greve a partir do início de setembro. "A intenção é resolver o impasse, não perder nenhum direito. Em último estágio a gente deflagra a greve", explicou Jim Kelly.

Mais Lidas