Saúde

Secretaria de Saúde descarta dois casos suspeitos de sarampo em Caruaru

Atividades da Vigilância Epidemiológica e Imunização do município continuam intensificadas

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 10/08/2019 às 9:09
NOTÍCIA
Ricardo B. Labastier/Arquivo JC Imagem
FOTO: Ricardo B. Labastier/Arquivo JC Imagem
Leitura:

Dois dos cinco casos suspeitos de sarampo registrados em agosto em Caruaru, no agreste pernambucano, tiveram resultado negativo. A informação foi divulgada nessa sexta-feira (9) pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (LACEN).

As atividades da Vigilância Epidemiológica e Imunização do município continuam intensificadas. As unidades de saúde estão preparadas para receber pacientes e 62 salas de vacinação estão abastecidas, de acordo com a Secretaria de Saúde de Caruaru.

Vacinação

A Secretaria orienta que os cartões de vacina sejam atualizados em caso de atraso, principalmente em menores de cinco anos. Quem  já tomou as duas doses da vacina, ao menos uma vez na vida, está imune e não precisa tomar a vacina novamente. O alvo do reforço da vacina devem ser crianças menores de cinco anos, principalmente as de um ano (1ª dose) e de um ano e três meses (2ª dose). Para adultos com até 29 anos, é necessário apresentar duas doses da vacina tríplice viral. Já em adultos com até 49 anos, é preciso apresentar ao menos uma dose da vacina tríplice viral. A vacina é contraindicada para gestantes e imunodeprimidos.

O paciente que apresentar febre e manchas vermelhas pelo corpo, acompanhados de um ou mais dos sintomas tosse, coriza e conjuntivite é caracterizado como caso suspeito de sarampo e deve procurar uma unidade de saúde para avaliação.

Mais Lidas