menu

Vereador acusa prefeito de Águas Belas de cavar covas para vítimas de coronavírus; prefeitura nega

Vídeo tem deixado a população indignada

Vídeo de vereador mostra as covas
Vídeo de vereador mostra as covas (Reprodução/Blog de Jamildo)

A população de Águas Belas, no Agreste pernambucano, está indignada com um vídeo de um vereador da cidade que está acusando o prefeito Luis Aroldo de ter mandado cavar cerca de 20 covas para as pessoas que morrerem por causa do novo coronavírus.

Em vídeo divulgado nas redes sociais nessa quarta-feira (25), o vereador Washington Falcão mostra as possíveis covas que estavam sendo cavadas. Ele pede que a prefeitura disponibilize mais médicos e medicamentos ao invés de cavar covas.

"Em todos os cantos está rodando essas covas que o prefeito Luiz Aroldo cavou no cemitério. Eu vim olhar para saber se essas covas eram antigas, mas tem pouco tempo. Algumas pessoas ligadas ao prefeito disseram que estavam cavando aqui para ver se dava pedra. [...] Ele cavou essas 20 covas aqui e eu fiquei sabendo que ele vai cavar mais 20. Então prefeito, o senhor, em vez de ter vindo cavar essas covas aqui, deveria colocar médico no hospital, remédio no hospital, colocar médico nos postos de saúde", diz o vereador no vídeo.

Veja:

O secretário de Obras de Águas Belas, Alan Roberto, esteve no local e também gravou um vídeo explicando que as covas cavadas são um serviço comum do cemitério da cidade. "Esse serviço é do cotidiano do cemitério de Águas Belas que a gente manda fazer. Em média, em Águas Belas, morre 17 ou 18 pessoas por mês. Todo mês a gente manda cavar uma quantidade sequenciais de covas. O prefeito adquiriu esse terreno para fazer novas covas", disse ele.

*Com informações do Blog de Jamildo, parceiro do NE10.