Saúde

Coronavírus: Associação Comercial e empresa criam protótipo de máscara no Agreste de PE

Inicialmente, cerca de 80 mil máscaras serão confeccionadas

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 27/03/2020 às 11:31
NOTÍCIA
Divulgação/Acit
FOTO: Divulgação/Acit
Leitura:

A Associação Comercial e Industrial de Toritama (Acit) e a indústria cearense Santana Textiles desenvolveram o protótipo de uma máscara de prevenção feita com um tecido especial cedido pela tecelagem. A máscara pode ser utilizada por até quatro horas e é lavável, ou seja, pode ser reutilizada.

A máscara é considerada um Equipamento de Proteção Individual (EPI) e é de uso obrigatório pelos profissionais de saúde. O protótipo em tecido foi aprovado pela Secretaria de Saúde de Caruaru.

A produção começou nessa quinta-feira (26) por confeccionistas do polo têxtil do Agreste e as máscaras serão doadas para regiões necessitadas. A Acit está em campanha com outros órgãos e empresários para arrecadar fundos para o pagamento da mão de obra. Inicialmente, serão confeccionadas 80 mil máscaras.

De acordo com a associação, o projeto está em consonância com as recomendações da Associação Brasileira de Normas Técnicas.

Números em Pernambuco

Até a tarde de quinta-feira (26), Pernambuco havia registrado 48 casos confirmados de coronavírus, com três mortes. O Estado tem seis casos de cura clínica. Entre as confirmações, 29 pacientes estão em isolamento domiciliar e dez estão hospitalizados, tirando as seis já recuperadas.

Mais Lidas