menu

Proibição de acesso às praias e parques públicos é prorrogada em Pernambuco

Objetivo é intensificar o isolamento social do coronavírus

Praia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife
Praia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife (Arnaldo Carvalho/ JC Imagem)

O fechamento dos parques públicos, praias e calçadões de Pernambuco foi prorrogado nessa segunda-feira (13) pelo governador Paulo Câmara (PSB). A medida tem como objetivo intensificar o isolamento social para reduzir o impacto da pandemia do novo coronavírus no Estado.

A proibição do acesso a essas áreas foi inicialmente adotada por dois dias a partir de 4 de abril, depois prorrogada para o dia 13. A nova prorrogação é válida até o dia 20 de abril.

De acordo com o que consta no decreto, permanece vedado ao público o acesso às praias e ao calçadão das avenidas que ficam nas faixas de beira-mar e de beira-rio em Pernambuco, assim como os parques públicos, para a prática de qualquer atividade.

Números de casos

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) informou nessa segunda-feira (13) que o número de casos confirmados do novo coronavírus (covid-19) chegou a 1.154, em 55 cidades. Já o número de mortes subiu para 102. 

De acordo com a SES, em 24h, foram 194 novas confirmações, incluindo 17 mortes (sete do sexo feminino e 10 do masculino, incluindo um bebê de sete meses. Os adultos tinham idades entre 38 e 92 anos).

Os óbitos ocorreram entre 4 e 12 de abril, mas a confirmação dos exames só saiu agora. Com os números da segunda, Pernambuco tem um novo recorde diário de casos e mortes.

"Dias difíceis estão por vir"

O secretário estadual de Saúde de Pernambuco, André Longo, disse em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (13) que "dias difíceis estão por vir", se referindo à aceleração do novo coronavírus no Estado. Para ele, o pico da doença pode ser antecipado ou não, a depender do comportamento da população em cumprir ou não a recomendação de isolamento social. A estimativa do governo é de que 200 mortes já foram evitadas pelo isolamento social.