menu

Exame descarta coronavírus em menina de um ano que morreu em Caruaru

Criança apresentava cansaço e faleceu após ter parada cardiorrespiratória no hospital

Documento apontava suspeita de coronavírus na criança
Documento apontava suspeita de coronavírus na criança (Reprodução/TV Jornal Interior)

A Secretaria de Saúde de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, informou nessa segunda-feira (20) que o exame da criança de um ano que morreu na última sexta-feira (17) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) das Rendeiras deu negativo para o novo coronavírus (covid-19).

A menina deu entrada na UPA com sintomas como cansaço, de acordo com a família. No decorrer do dia, o quadro se agravou e ela morreu.

"A menina chegou andando, pegada na mão da mãe, andando. Ela estava cansadinha, quando chegou lá, botaram a menina para a sala de raio X, isolaram, colheram sangue, e pediram para aguardar o exame", relatou a avó da criança, em entrevista à Rádio Jornal Caruaru. A avó acredita que a menina deveria ter sido transferida para outro hospital.

De acordo com a diretora médica da UPA Rendeiras, Luciana Venâncio, ainda na unidade, o oxigênio no sangue da criança diminuiu e ela foi entubada. Porém, ela teve uma parada cardiorrespiratória. Os médicos tentaram fazer a ressuscitação, mas não conseguiram. Segundo a diretora médica, a equipe tentou conseguir um leito para a menina em um hospital público do Recife, mas não obteve retorno.

Caruaru tem três mortes pela covid-19

A cidade de Caruaru registrou a terceira morte pelo novo coronavírus (covid-19). Trata-se de uma paciente de 78 anos, que tinha câncer, era diabética, hipertensa e apresentava cardiopatia. Ela estava internada em um hospital particular e morreu no último domingo (19).

Agora, Caruaru tem 18 casos confirmados do coronavírus, com três mortes. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, 126 casos foram descartados e 100 estão em investigação.