menu

Governo de Pernambuco decreta quarentena restrita em Caruaru e Bezerros

Durante 10 dias, população só poderá sair de casa para serviços essenciais

Comércio em Caruaru e outras 84 cidades foi proibido de reabrir nesta segunda
Comércio continuará fechado pelo menos até 5 de julho em Caruaru (Reprodução/TV Jornal Interior)

O Governo de Pernambuco anunciou nesta terça-feira (23) que os municípios de Caruaru e Bezerros, no Agreste de Pernambuco, deverão cumprir uma quarentena restrita de 26 de junho a 5 de julho.

Isto significa que haverá restrição do funcionamento das atividades econômicas e durante 10 dias, a população só poderá sair de casa para serviços essenciais, como supermercados, farmácias, padarias, postos de gasolina e serviços de saúde.

Agreste puxa a taxa de contágio de Pernambuco para cima, diz secretário de Saúde sobre covid-19

Durante a quarentena restrita, poderão funcionar as atividades industriais, da construção civil (com 50% da capacidade) e de restaurantes para delivery. O comércio atacadista, que havia sido liberado, não poderá mais funcionar.

A fiscalização do cumprimento das medidas será realizada pela Secretaria de Defesa Social (SDS), em parceria com os municípios.

Aumento nos casos de Srag

De acordo com o Governo do Estado, na semana passada os dois municípios foram responsáveis por 71% do aumento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Agreste. Segundo os números da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), a região pulou de 267 para 358 casos de SRAG na última semana.

Em Caruaru, o aumento foi de 97 para 152 casos. Já em Bezerros, o avanço foi de 27 para 37 casos. A intenção da SES-PE é que haja diminuição da velocidade de crescimento de casos na região. Com menos casos graves, a demanda por leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) diminuirá.

"Certamente isso vai repercutir nos resultados de todo o Agreste, tendo em vista que esses dois municípios são responsáveis por quase 80% dos novos casos detectados na última semana, reforçando a importância dessas medidas que vamos adotar para um melhor controle da região", afirmou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Longo pediu a colaboração dos moradores das duas cidades e do poder público local para o cumprimento das medidas.

Secretário de Saúde de Pernambuco fala sobre quarentena rigorosa em Caruaru e Bezerros

  • 23/06/2020 17:17
André Longo afirmou que municípios são responsáveis por 71% do aumento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Agreste. 3 minutos e 21 segundos

Feira é motivo de preocupação

Em coletiva de imprensa na segunda-feira (22), André Longo já havia demonstrado preocupação com o funcionamento de atividades que não deveriam estar abertas em Caruaru, como a Feira da Sulanca.

Nessa segunda, a feira da Sulanca parecia estar em pleno funcionamento, com grande número de vendedores e clientes, mesmo com a proibição. Mesmo com as lojas de varejo e a Feira da Fundac fechadas, a comercialização ocorreu nas calçadas, em malas de carros, entre outros.

Ainda segundo o secretário de Saúde, o cenário do Agreste repercute nos hospitais do Grande Recife, que têm Caruaru como o segundo município com mais residentes internados em unidades de saúde da Região Metropolitana: "Isso é preocupante".

De acordo com os números da Secretaria Municipal de Saúde, Caruaru tem 1.615 casos confirmados, com 111 óbitos. Outros 352 seguem em investigação.