menu

Mais de mil fiscalizações foram realizadas durante Operação Quarentena em Caruaru e Bezerros

Secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antônio de Pádua, fez avaliação das ações

Polícia Militar faz fiscalização no centro de Caruaru
Polícia Militar faz fiscalização no centro de Caruaru (Reprodução/TV Jornal Interior)

O secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antônio de Pádua, esteve na manhã desta quarta-feira (1º) em Caruaru, no Agreste, para participar de uma reunião na sede do 4º Batalhão da Polícia Militar. O objetivo foi avaliar a Operação Quarentena, que está sendo realizada durante os 10 dias de medidas mais rígidas adotadas em Caruaru e Bezerros.

"A gente fez mais de mil fiscalizações em estabelecimentos, já são mais de 8 mil pessoas abordadas e fiscalizadas nos dois municípios. A gente já falou sobre a necessidade das pessoas se conscientizarem sobre o isolamento social. O objetivo só vai ser alcançado se tiver a colaboração de todos", declarou o secretário.

Pesquisador vê maior aceleração da covid-19 em cidades do interior sem quarentena

Quarentena surte efeito na Sulanca de Caruaru, mas feirantes migram para Santa Cruz

Mesmo com quarentena mais rígida, moradores de Bezerros enfrentam filas para serviços bancários

Caruaru e Bezerros estão no sexto dia da quarentena mais rígida, que encerra no dia 5 de julho. Neste período, apenas os serviços considerados essenciais estão autorizados a funcionar. Atividades econômicas que já tinham sido liberadas, como lojas de tecidos e aviamentos, óticas e o comércio atacadista, estão funcionando apenas para coleta de mercadorias e delivery. A construção civil atua com 50% da capacidade. O comércio varejista continua fechado.

Estabelecimentos fiscalizados

Na manhã desta quarta, a movimentação no centro de Caruaru era em sua maioria de veículos. Poucas pessoas circulavam pelas ruas 15 de Novembro, Duque de Caxias e Rio Branco, que estão com as lojas fechadas. Apenas as farmácias e outros serviços essenciais estão funcionando.

Quarentena em Caruaru e Bezerros: entenda o que pode funcionar

Além de Caruaru e Bezerros, outras cidades do Agreste poderão ter quarentena

A Operação Quarentena conta com equipes das polícias Militar e Civil, do Corpo de Bombeiros e do Procon Pernambuco. Na Avenida Rio Branco, uma equipe da PM precisou orientar uma loja de cosméticos que estava com a porta entreaberta, mesmo sem autorização para funcionar.

Além do centro, a ação seguiu também para os bairros. No bairro Boa Vista, uma farmácia foi orientada a aferir a temperatura dos clientes que entravam no estabelecimento.

"Conscientizar a população ao distanciamento social, às normas de etiqueta [respiratória], à utilização das máscaras, bem como os fornecedores, para ver se eles estão fornecendo o álcool em gel, um tapete sanitizante, fazendo cumprir o distanciamento e para aqueles estabelecimentos que não estão autorizados no decreto para funcionar, nós estamos fazendo o fechamento dessas atividades para que eles possam retornar após a liberação por decreto também", explicou o gerente de atendimento do Procon Pernambuco, Pedro Cavalcante.

Operação Quarentena realiza fiscalizações em Caruaru

  • 01/07/2020 15:50
O secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antônio de Pádua, esteve na manhã desta quarta-feira (1º) em Caruaru, no Agreste, para participar de uma reunião na sede do 4º Batalhão da Polícia Militar. O objetivo foi avaliar a Operação Quarentena, que está sendo realizada durante os 10 dias de medidas mais rígidas adotadas em Caruaru e Bezerros.