menu

Veja o que pode funcionar com reabertura do comércio de Caruaru

Diversos setores econômicos foram liberados a partir da próxima segunda-feira (13)

Comércio de Caruaru, no Agreste, segue fechado pelo menos até dia 5 de julho
Comércio de Caruaru, no Agreste, reabre dia 13 de julho (Reprodução/TV Jornal Interior)

A Prefeitura de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, detalhou nesta sexta-feira (10) como será o protocolo para o retorno das atividades econômicas no município. Com a liberação do Governo do Estado para que a região Agreste avance no Plano de Convivência com a Covid-19, diversas atividades, incluindo o comércio de Caruaru, poderão reabrir a partir de segunda-feira (13).

O varejo de rua (bairro e centro) deve controlar o fluxo, de forma que haja um cliente para cada 20 m². Os shoppings centers também precisam controlar o fluxo e só podem funcionar com 30% da capacidade, das 12h às 20h.

Região Agreste reabre comércio e outras atividades na segunda; feiras ficam de fora

Os salões de beleza e centros de estética também precisam seguir protocolos específicos. Foram liberados ainda os treinos de futebol profissional.

O comércio de veículos, serviços de aluguel e vistoria de veículos podem abrir com 50% dos funcionários de vendas. A construção civil pode funcionar com 100% dos funcionários.

O secretário de Desenvolvimento Econômico do município, André Teixeira, informou que reuniões estão sendo realizadas com entidades representativas destes setores para reforçar a necessidade de seguir os protocolos.

A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, informou que todas as recomendações do Governo do Estado serão colocadas em prática. "É importante dizer que essa decisão do governo de avanço de Caruaru nas etapas de reabertura somente referendam que nós não éramos o pior município em diversos indicadores de monitoramento da covid em nossa cidade, e do trabalho firme e forte que a cidade de Caruaru vem fazendo para preservar vidas e salvaguardar as pessoas de Caruaru", declarou.

Raquel Lyra disse ainda que a reabertura requer comprometimento por parte dos comerciantes e lojistas. "Todas as equipes de fiscalização estarão nas ruas ajudando o processo de reabertura, trabalhando a capacitação dos lojistas, garantindo que a reabertura ocorra de maneira segura e sustentável".

Feira da Sulanca

A Feira da Sulanca ainda não foi autorizada a funcionar, mas a prefeitura reforçou que os sulanqueiros podem comercializar pelas redes sociais e entregar as mercadorias por meio da plataforma Delivery Sulanca. A entrega é feita no estacionamento do Polo Caruaru, de maneira controlada.

Parques, templos e igrejas

A prefeitura informou ainda que praças e parques não serão reabertos. Já os templos e igrejas foram autorizados a reabrir pelo governo estadual, a partir de segunda-feira (13).

Coronavírus

Durante a coletiva de imprensa da prefeitura, o secretário de Saúde, Francisco Santos, apresentou os dados atualizados do coronavírus na região. Desde o início da pandemia, foram realizados 7.321 testes, dos quais 2.842 positivaram para a covid-19. Atualmente, há 484 casos em investigação e 3.905 foram descartados.

Francisco Santos informou que houve estabilização do número de casos, com tendência de queda, assim como de atendimentos na rede de saúde municipal. Na próxima semana, 10 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) serão entregues no Hospital Municipal Manoel Afonso. Além disto, uma unidade móvel de testagem irá percorrer os bairros em que há mais risco de contaminação: "A luta contra o coronavírus não está vencida, a gente está aprendendo, construindo e avançando cada vez mais".

Veja a coletiva de imprensa: