Educação

Escolas de Caruaru se preparam para volta às aulas

Instituições de ensino deverão seguir protocolos de prevenção contra a covid-19

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 23/07/2020 às 16:02
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Mesmo sem data para a volta às aulas presenciais em Pernambuco, as escolas de Caruaru, no Agreste, estão se preparando para receber os alunos. O Governo do Estado divulgou um protocolo para o retorno às atividades.

Na entrada, os alunos terão a temperatura aferida e devem higienizar a sola dos sapatos com água sanitária. As mãos devem ser limpas com água ou álcool em gel.

Dentro das salas de aula, o distanciamento mínimo é de 1,5 metro entre as bancas. As aulas irão ocorrer de maneira híbrida: para alguns estudantes de forma presencial e para outros pela internet. Além disto, o uso de máscaras será obrigatório.

Veja o protocolo de volta às aulas presenciais em Pernambuco

O diretor de uma escola particular da cidade, Edmilson Júnior, afirma que as instituições de ensino trocam informações para chegar à forma mais segura para todos. "Eu acredito que nós estamos muito preparados, a maioria das escolas particulares já está preparada. Estamos nos reunindo constantemente para que as ideias sejam conciliadas", afirmou.

A escola de Lara Sofia, de três anos, fez uma pesquisa com os pais dos alunos para levantar a quantidade de famílias que permitiriam os filhos a voltar. A mãe dela, Camila Fernandes, espera a estabilização de casos da pandemia da covid-19.

"Eu coloquei minha opção como presencial, até porque a escola está fazendo isso justamente para controlar a quantidade de alunos na sala, porque vai ser em quantidade reduzida", disse. Enquanto a volta não é remarcada, ela segue dando suporte à filha no Infantil 1 na educação à distância.

O advogado Luiz Torres afirma que os pais podem optar por levar os filhos para as aulas presenciais ou não. "Não vai ser obrigatório este retorno, vai depender muito da conscientização, da comunicação entre família e instituição de ensino, do esforço da comunidade escolar. Este retorno vai ser gradativo, aos poucos".

Mais Lidas