menu

Após nova quarentena, Petrolina reabre comércio a partir de segunda-feira

Cidade volta à etapa quatro do Plano de Convivência com a Covid-19

MPPE aciona Justiça para revogar plano de reabertura gradual do comércio em Petrolina
Comércio de Petrolina poderá reabrir novamente (MARCO AURÉLIO/RÁDIO JORNAL PETROLINA)

O prefeito de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, Miguel Coelho, anunciou neste sábado (25) que o comércio irá reabrir a partir da próxima segunda-feira (27) no município. A cidade passou 15 dias em uma nova quarentena, devido ao aumento de casos da covid-19 e da ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na rede de saúde.

Desta forma, a cidade volta a seguir o Plano de Convivência Com a Covid-19 do governo estadual, na quarta etapa. Poderão reabrir o comércio varejista, shoppings, feiras livres, salões de beleza e estética, construção civil (100%), entre outras atividades. As missas, cultos e outras celebrações religiosas também podem voltar a acontecer.

Prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, tem resultado negativo para covid-19

A Orla, o Parque Josepha Coelho e as pistas de caminhada serão liberadas para o uso. As medidas de prevenção ao novo coronavírus devem ser seguidas, como limite de público, distanciamento e higienização.

Os bares, restaurantes e academias ainda não poderão reabrir. A liberação destas atividades na cidade depende do aval do Governo do Estado.

Transporte público

A prefeitura anunciou que haverá aumento da frota de ônibus para a reabertura. Os serviços de táxi e transporte por aplicativo funcionam normalmente. Os mototaxistas não poderão atuar, uma vez que não houve liberação por parte do governo estadual.

Confira o que pode ou não funcionar:

Comércio varejista - pode funcionar das 9h às 18h, com capacidade de um cliente a cada 10 metros quadrados. O plano proíbe a realização de apresentações culturais ou de outro gênero que cause aglomeração. Também está vetado o consumo de produtos alimentícios dentro do estabelecimento comercial;

Shopping - liberado o funcionamento das 10h às 20h, com limite de um cliente a cada 10 metros quadrados. Praça de alimentação e restaurantes seguem sem autorização de atender o público, com liberação apenas para entrega em domicílio ou coleta;

Feiras livres - autorizada a retomada das feiras com distanciamento entre as bancas e medidas de higienização. O calendário de feiras volta a ter um dia específico para cada bairro;

Parque Josepha Coelho - volta a funcionar, entre as 5h e 22h, com obrigatoriedade de uso de máscaras. Recomendação para não utilizar o espaço para atividades coletivas, como esportes, dança e corridas em grupo;

Orla, Porta do Rio e pistas de caminhadas - serão desbloqueadas para uso do público. A orientação, contudo, é não promover corridas, passeios e demais atividades em grupos, restringindo assim apenas a uso individual ou com um parceiro;

Salões de beleza - deve seguir o atendimento de clientes apenas com horário agendado. Além disso, salões, barbearias, clínicas de estética e afins devem ter espaçamento de 1,5 metro entre as bancadas de atendimento;

Prefeitura - volta a realizar atendimento ao público na sede administrativa. Cada secretaria terá um regime de funcionamento determinado pelo gestor da pasta, com recomendação de limite para 50% do público habitual e priorização do teleatendimento;

Construção civil - liberada 100%, mas com distanciamento de 1,5 metro entre os trabalhadores;

Clubes sociais - permitida a prática de atividades esportivas em modalidades individuais, exceto lutas, em clubes sociais. O uso deve seguir protocolos de higienização;

Templos religiosos - missas, cultos e demais celebrações religiosas devem limitar o público a 30% de sua capacidade, podendo chegar ao limite de 50 pessoas nos templos de até mil lugares e 300 pessoas nos locais com capacidade acima de mil lugares. O plano estadual ainda recomenda um intervalo mínimo de três horas entre as celebrações e evitar práticas de aproximação entre as pessoas com contato físico, como dar as mãos, beijos, abraços, apertos de mãos, entre outros;

Restaurantes e bares - seguem fechados com serviço de entrega em domicílio liberado. Todo o Sertão segue, portanto, sem autorização para avançar a uma nova fase;

Academias - o Sertão segue com as atividades proibidas em academias, boxes de crossfit e afins.