Educação

Governo de PE autoriza aulas em Noronha; anúncio sobre resto do estado deve sair dia 14

Escolas de Noronha podem reabrir porque a ilha não está registrando transmissão comunitária do vírus desde o fim de abril

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 11/09/2020 às 9:03
NOTÍCIA
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

O Governo de Pernambuco autorizou a retomada das aulas presenciais no Arquipélago de Fernando de Noronha a partir do dia 22 de setembro. A ilha tem apenas uma escola e uma creche. Para o restante do estado, a suspensão ou manutenção da proibição de aulas presenciais na educação básica deve ser anunciado na próxima segunda-feira (14).

As aulas estão suspensas por causa da pandemia do coronavírus (covid-19).

De acordo com o governo estadual, as escolas em Noronha poderão reabrir porque a ilha não está registrando transmissão comunitária do vírus desde o fim de abril. Os primeiros a voltarem ao ensino presencial serão os 402 estudantes da Escola de Referência em Ensino Fundamental e Médio (Erem) Arquipélago Fernando de Noronha, a partir de 22 de setembro.

Os 217 alunos da creche do Centro Integrado de Educação Infantil (CIEI) Bem-Me-Quer devem voltar as atividades presenciais a partir do dia 13 de outubro. As unidades de ensino de Noronha começaram a se preparar para receber os alunos.

O secretário de Educação, Fred Amancio, informou nessa quinta-feira que estão autorizadas a partir da próxima quarta-feira (16) as aulas práticas dos cursos técnicos de nível médio.

Volta às aulas em Noronha servirá como "teste"

Segundo o Governo, a volta às aulas em Noronha servirá de "teste" para o restante do Estado. “É a primeira vez que o protocolo setorial de educação será posto em prática nas nossas escolas. O retorno das aulas presenciais na ilha será acompanhada com especial atenção, pois nos ajudará a compreender ainda mais o processo”, disse Fred Amancio.

Mais Lidas