menu

PSD oficializa candidatura de Raffiê Dellon à Prefeitura de Caruaru

A candidatura de Raffiê terá como legendas coligadas o Partido Verde (PV), o Democracia Cristã, o Partido Trabalhista Cristão (PTC), além do Solidariedade

A candidatura de Raffiê terá como legendas coligadas o Partido Verde (PV), o Democracia Cristã, o Partido Trabalhista Cristão (PTC), além do Solidariedade
A candidatura de Raffiê terá como legendas coligadas o Partido Verde (PV), o Democracia Cristã, o Partido Trabalhista Cristão (PTC), além do Solidariedade (Berg Santos)

O Partido Social Democrático (PSD) realizou a sua convenção para a disputa das Eleições 2020, em Caruaru, na noite desta segunda-feira (14), no Teatro João Lyra Filho, no Bairro Maurício de Nassau. Na oportunidade, a legenda oficializou a candidatura de Raffiê Dellon à Prefeitura de Caruaru. O evento também contou com a participação do deputado federal André de Paula - presidente regional do PSD, em Pernambuco.

"Nos preparamos bastante para chegarmos até aqui. Faremos uma campanha limpa, voltada em propostas e com o objetivo de colocarmos Caruaru no protagonismo do debate," afirmou Raffiê, durante entrevista concedida à Rádio Jornal Caruaru.

Durante o evento, também foi anunciado e oficializado o nome de Roberta Antunes (PSD), como candidata a vice de Dellon. Roberta tem 52 anos é bacharel em Direito, líder do Projeto Social “Mãos que abençoam” e “Noite Feminina”, bem como presidente do PSD Mulher, em Caruaru.

"Roberta é capaz, já comprovou sua competência e não foi uma escolha a tôa. Foi a melhor escolha que poderíamos fazer. Ela está pronta, se preparou muito", destacou Raffiê Dellon.

Nas Eleições 2020, a candidatura de Raffiê terá como legendas coligadas o Partido Verde (PV), o Democracia Cristã, o Partido Trabalhista Cristão (PTC), além do Solidariedade. A coligação "Caruaru é o Meu País" contará, ao todo, com 70 candidatos à Câmara Municipal de Vereadores.

Currículo

Atualmente, Raffiê Dellon tem 29 anos, já foi diretor da Junta Comercial em Caruaru e da Ciretran. É professor universitário, bem como presidente do diretório municipal do PSD. Além disso, foi candidato a vice, sendo derrotado em 2016, na chapa encabeçada pelo emedebista Tony Gel.