Saúde

Casos de síndrome rara associada à covid-19 aumentam em crianças em PE

Pacientes tinham entre 1 e 14 anos

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 23/09/2020 às 11:55
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

O número de casos de síndrome rara inflamatória pediátrica associada à covid-19 subiu para 22 em Pernambuco, de acordo com informações divulgadas nessa terça-feira (22) pela Secretaria de Saúde do estado.

Subiu para 22 o número de casos da síndrome inflamatória pediátrica associada à covid-19, em Pernambuco, segundo dados divulgados pela Secretaria de Saúde do estado, nessa terça-feira (22). Mais quatro casos foram confirmados.

Os pacientes tinham entre 1 de 14 anos de idade e eram moradores do Recife, de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana, e Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata do estado.

Todas receberam alta. Duas meninas, uma com 11 e outra com 1 ano e 11 meses, morreram vítimas da doença.

São alguns dos sintomas da síndrome: febre persistente, acompanhada de um conjunto de manifestações, como pressão baixa, conjuntivite, manchas no corpo, diarreia, intensa dor abdominal, náuseas, vômitos e comprometimento respiratório, entre outros sinais.

Casos

20 dos casos são de Pernambuco: Recife (seis, com dois óbitos), Caruaru (dois), Ipojuca (um), Jaboatão dos Guararapes (três), Goiana (um), Sirinhaém (um), Joaquim Nabuco (um), Limoeiro (um), Timbaúba (um), Flores (um), Santa Cruz do Capibaribe (um), Vitória de Santo Antão (um). Os outros dois casos são de pessoas de Alagoas e Piauí que procuraram atendimento em Pernambuco.

Mais Lidas