menu

Governo federal estuda trocar auxílio emergencial por microcrédito

Benefício seria voltado aos trabalhadores informais

Alguns usuários do Caixa Tem tiveram contas bloqueadas
Alguns usuários do Caixa Tem tiveram contas bloqueadas (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O governo federal está estudando formas de substituir o auxílio emergencial, que deve ser finalizado em dezembro. Pretende-se criar agora um programa de microcrédito para trabalhadores informais.

O valor do benefício pode chegar a R$ 25 bilhões. O valor do empréstimo pode ficar entre R$ 1,5 mil e R$ 5 mil.

Ainda estão sendo pagas as parcelas de R$ 600 e R$ 300 do auxílio emergencial. Já foram pagos, ao todo, mais de R$ 200 bilhões com o auxílio durante a pandemia.

Segundo o governo, o foco do novo programa seria o grupo chamado de “invisíveis”, que estão na informalidade e que não recebiam ajuda oficial. Pelo menos 38,1 milhões de pessoas fazem parte dessa situação.

Alguns críticos desse possível novo programa estão temendo que o incentivo ao registro dos trabalhadores como microempreendedor individual possa acabar incentivando a “pejotização” e trabalhos com condições ainda mais precárias.

*Informações do jornal O Estado de S.Paulo.