menu

Policial Militar reage a assalto e é assassinado com tiro na cabeça

 Johnson Bulhões da Rosa Silva, de 27 anos, estava com uma esposa, grávida de três meses, quando foi abordado por uma dupla em uma moto. Ele teria reagido e foi baleado na cabeça

 Johnson Bulhões da Rosa Silva, de 27 anos, estava com uma esposa, grávida de três meses, quando foi abordado por uma dupla em uma moto. Ele teria reagido e foi baleado na cabeça
 Johnson Bulhões da Rosa Silva, de 27 anos, estava com uma esposa, grávida de três meses, quando foi abordado por uma dupla em uma moto. Ele teria reagido e foi baleado na cabeça (Arquivo Pessoal)

O policial militar de Alagoas, Johnson Bulhões da Rosa Silva, de 27 anos, foi vítima de latrocínio (assalto seguido de morte), na noite dessa sexta-feira (20), na praia de Porto de Galinhas, no litoral pernambucano. De acordo com informações do Jornal do Commercio, a vítima estava com a esposa, grávida de três meses, quando foi abordada por uma dupla em uma moto. Ele teria reagido e foi baleado na cabeça.

Com o objetivo de auxiliar na prisão dos suspeitos, a PM alagoana disponibilizou parte do efetivo a Pernambuco. "Policiais do 18º Batalhão da PM de Pernambuco e de outras unidades operacionais iniciaram as buscas pelos criminosos. Levantamentos já foram feitos e um contingente do efetivo alagoano está no Estado vizinho com este objetivo", informou. 

A Polícia Militar de Alagoas disponibilizou parte do efetivo a Pernambuco para ajudar na identificação e prisão dos dois homens suspeitos de latrocínio (assalto seguido de morte) do soldado alagoano na praia de Porto de Galinhas, na noite dessa sexta-feira (20) . Johnson Bulhões da Rosa Silva, de 27 anos, estava com uma esposa, grávida de três meses, quando foi abordado por uma dupla em uma moto. Ele teria reagido e foi baleado na cabeça.

Socorro

A Polícia Militar de Pernambuco informou, em nota, que a vítima chegou a ser socorrida por uma equipe da Ciatur e foi encaminhada para a UPA de Ipojuca. Posteriormente, a vítima foi levada para o Hospital da Restauração, no Recife, onde faleceu. A assessoria do RH confirmou que o óbito foi por volta das 2h50 deste sábado (21).

Johnson Bulhões da Rosa Silva era soldado do Batalhão de Polícia Rodoviária de Alagoas desde 2018. De acordo com, as investigações, o PM estava passando uns dias de folga em Porto de Galinhas com familiares. No assalto, o policial teria reagido e foi atingido com o tiro. O revólver dele foi levado pelos criminosos.

Leia a matéria do Jornal do Commercio